Homem é esfaqueado e fica entre a vida e a morte em Patos de Minas

A tentativa de homicídio aconteceu no bairro Jardim Aquarius. A PM prendeu um suspeito.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um homem de 29 anos, Marcelo Henrique de Oliveira, foi vítima de uma tentativa de homicídio na noite de sexta-feira (04/12) no bairro Jardim Aquarius em Patos de Minas.

Segundo o boletim de ocorrência, o SAMU encontrou o homem caído no cruzamento da Rua Artur Magalhães com a Avenida Paineiras. Marcelo sofreu o início de uma parada cardiorrespiratória após perder sangue em decorrência de um corte na região cervical. Além disso, apresentava ferimento no braço esquerdo, no peito e na mandíbula. Ele foi encaminhado para o Hospital Regional Antônio Dias (HRAD) onde foi intubado e segue estável.

Os policiais militares seguiram o rastro de sangue até o cruzamento da Rua Orlando de Barros com a Rua Albertina Bomtempo Souza. Através de populares, os PMs identificaram um provável suspeito e descobriram que o mesmo havia se mudado recentemente para as imediações.

Na residência, os policiais fizeram contato com a sobrinha do suspeito que narrou que o mesmo teria discutido na rua e posteriormente entrado em casa e se apoderado de uma faca.

Ainda segundo levantamentos, a vítima e o suspeito discutiram em uma praça, e andaram por alguns metros até o local do esfaqueamento. Na continuidade das diligências, os PMs compareceram até um bar/lanchonete de propriedade da irmã do suspeito. Ela narrou que seu irmão chegou no local nervoso, com uma faca suja de sangue e após lavá-la fugiu em um moto-taxi.

Durante as apurações, os policiais descobriram que o cunhado do suspeito poderia ter dado fuga. O homem negou a acusação.

As guarnições policiais realizaram várias averiguações em endereços onde o suspeito poderia estar escondido, inclusive na zona rural de Patos de Minas. Por fim compareceram na residência do cunhado e de sua irmã, no bairro Alto da Colina.

O suspeito, de 38 anos, foi encontrado no local e não apresentou qualquer resistência. Relatou, segundo o boletim de ocorrência, que a vítima teria o acusado de estupro, batido em seu rosto, atirado telhas e o golpeado com uma paulada. Diante disso, teria se apoderado da faca e desferido os golpes em sua defesa. Também afirmou que foi até o bar da irmã e que a mesma disse para ele não se entregar. O cunhado teria dado fuga em uma motocicleta até a residência no Alto Colina.

Diante dos fatos, o suspeito foi preso em flagrante delito por tentativa de homicídio. A irmã, de 49 anos, e o cunhado, de 57 anos, foram presos por suspeita de favorecimento pessoal. A faca foi encontrada e apreendida. O caso será investigado pela Polícia Civil.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.