Homem é encontrado morto na BR-352 na divisa entre Tiros e Arapuá

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O corpo foi encontrado pelos militares, após receberem denúncia dos usuários da via. A vítima ainda não foi identificada. 

Foto: Colaborador do Triângulo Notícias


Um corpo foi encontrado na BR-352, próximo a divisa entre os município de Tiros e Arapuá. A ocorrência foi atendida pelos militares de Tiros na manhã desta terça-feira (18). Segundo o boletim de ocorrência, usuários da rodovia ligaram para o 190 e informaram o fato. 
As viaturas foram até o local e constaram que o indivíduo se encontrava sem vida. As mãos e pés estavam amarrados e o corpo encontrava-se caído em decúbito ventral, e próximo a ele havia uma “poça” de sangue. 
A perícia técnica da Polícia Civil realizou os trabalhos de praxe e constatou um corte grande no pescoço da vítima, afundamento do crânio, cortes nos dedos da mão direita, acreditando que o indivíduo foi torturado em outro local antes de ser executado. 
Durante buscas pelo entorno, o perito encontrou e recolheu o facão e informou que havia sangue no cabo e lâmina, possivelmente esta é a arma do crime.
Segundo a Polícia Militar de Arapuá, nenhuma pessoa da região reconheceu o homem. A suspeita é que ele seja de outra cidade/região.

A perícia identificou que o corpo possui uma tatuagem no braço direito e fazia uso de aparelho dentário.

- Continua depois da publicidade -

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Patos de Minas. As autoridades tentam realizar a identificação, através dos registros policiais, porém até o momento não conseguiram êxito.

Rastreamentos estão sendo feitos e qualquer informação pode ser repassada através do 190.
Lélis Félix Souza
Triângulo Notícias
18/04/2017
- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -