Homem é brutalmente agredido com paulada e barra de ferro no distrito de Santana de Patos

A vítima foi socorrida pelo SAMU e levada para o Hospital Regional Antônio Dias.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um homem de 37 anos foi brutalmente agredido com pedaço de pau e barra de ferro na noite de domingo (25/10) no distrito de Santana de Patos, no município de Patos de Minas. A vítima foi socorrida para o Hospital Regional Antônio Dias com ferimentos na cabeça e nas costas.

Segundo informações, a Polícia Militar foi acionada, através do telefone 190, para verificar uma denúncia de lesão corporal. Ao chegar no local, a equipe policial deparou com a vítima, um homem de 37 anos de idade, com ferimentos no couro cabeludo, na face esquerda, nas costas e na boca. Ele estava consciente, mas confuso.

Segundo a vítima e as testemunhas, o homem estava consumindo bebidas alcoólicas em companhia dos suspeitos, uma mulher de 25 anos de idade e um homem de 65 anos de idade, na residência de um amigo, quando em dado momento, o suspeito e a vítima passaram a discutir, tendo o suspeito utilizado uma barra de ferro para desferir diversos golpes contra a vítima, deixando-o inconsciente e caído no chão.

Após agredir a vítima, o suspeito evadiu levando consigo a arma do crime, tomando rumo ignorado. As testemunhas também narraram que enquanto a vítima estava caída e inconsciente, a mulher aproveitou que a vítima estava indefesa e desferiu um golpe com um pedaço de madeira contra a cabeça da vítima, homiziando-se em seguida no interior da residência em que estavam bebendo, sendo localizada por ocasião da chegada dos militares.

Ao ser indagada sobre os fatos, admitiu ter agredido a vítima, mas não alegou o motivo. Rastreamentos foram realizados no intuito de identificar, localizar e prender o outro suspeito, contudo, sem êxito, sendo que foi levantado que ele evadiu em um veículo Fiat Uno, cor vinho, sem maiores dados.

A vítima foi socorrida pelo SAMU e levada para o Hospital Regional Antônio Dias, em virtude dos seus ferimentos e da confusão mental que apresentava, aparentando ter sofrido traumatismo craniano. Diante do exposto, a mulher foi informada de seus direitos constitucionais, presa em flagrante delito, e conduzida ao plantão policial sem lesões aparentes. A barra de ferro e o pedaço de madeira utilizados nas agressões não foram localizados durante os rastreamentos.

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.