Homem é baleado e acaba preso junto com a namorada em Patrocínio

O homem de 32 anos foi vítima de tentativa de homicídio. Drogas e uma arma foram encontradas com a namorada, que disse que o material pertencia ao companheiro. Os dois receberam voz de prisão. O indivíduo está internado em Uberlândia sob escolta policial.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

No final da noite da última terça-feira (27/11), uma tentativa de homicídio foi registrada no Bairro Nações em Patrocínio.

De acordo com informações da Polícia Militar, no local, Rua Paraguai, bairro Nações, havia ocorrido disparos de arma de fogo e que indivíduo alvejado foi alvejado. O homem 32 anos foi encontrado caído no interior da residência, ainda consciente e com sangramento no tórax.

A namorada e a mãe da vítima informaram que no momento em que saíram no portão da casa foram surpreendidos por dois indivíduos magros e altos, ambos com os rostos cobertos por “balaclavas” pretas e armados com armas de fogo, e que um dos bandidos efetuou disparos na direção do homem.

Após efetuar os tiros os atirados evadiram a pé sentido a Rua Espanha. Imediatamente foi acionado o socorro médico, tendo comparecido ao  uma ambulância do SAMU,  que constatou a vítima havia sido atingida por um disparo no tórax, um no ombro e um no abdômen, sendo necessário transferi-lo para o Pronto Socorro do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia – HC/UFU.

Durante atendimento da ocorrência, a polícia suspeitou da namorada da vítima que carregava uma bolsa. Ao realizar buscas, foram encontradas uma porção considerável de substância semelhante à maconha em farelos, uma pedra de substância semelhante à crack, a quantia de R$ 623,00 e um revólver da marca Rossi, calibre .38, carregado com cinco munições intactas.

Ao questioná-la a respeito dos materiais, ela informou que aqueles materiais eram do companheiro que havia lhe pedido para retirar da residência. Ela ainda informou que em sua casa havia mais drogas e dinheiro. No endereço após vistoria foram localizados mais dois tabletes grandes de substância semelhante à maconha, uma pedra grande de substância semelhante à crack, a quantia de R$ 1.785,00 em cédulas diversas e uma folha de cheque.

A suspeita foi presa em flagrante, informada de seus direitos, conduzida até o Pronto Socorro Municipal, pois se queixava de dores no joelho esquerdo, e logo após, apresentada na Delegacia de Polícia Civil

O perito criminal compareceu e realizou seus trabalhos, tendo sido localizado por ele quatro cápsulas de munições calibre .380.Os envolvidos não souberam apontar nenhum suspeito da autoria dos disparos.

A vítima também recebeu voz de prisão diante das alegações da namorada. Ele permanece sob escolta policial em Uberlândia.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS