Homem de 33 anos é detido após furto de vários alimentos em supermercado de Patos de Minas

Os policiais conseguiram identificar o veículo e posteriormente o suspeito foi detido em casa.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Polícia Militar prendeu um homem de 33 anos por furto de produtos alimentícios num supermercado do Bairro Caramuru. O crime aconteceu na tarde dessa terça-feira (11/08). O suspeito foi detido em casa, já no Bairro Barreiro. Todo material levado foi recuperado.

Segundo informações do tenente Marinho da Polícia Militar, os funcionários do estabelecimento comercial, que trabalham na prevenção de perdas, ligaram no telefone 190 e relataram o furto de diversos materiais. Através das imagens de vídeo monitoramento do local, os policiais visualizaram o homem de 33 anos ocultando diversos materiais, colocando da roupa e evadindo do supermercado.

- Continua depois da publicidade -

Através das imagens do veículo, os policiais foram até a casa do suspeito que confessou o crime. Ele indicou onde estavam os produtos furtados. Os policiais também identificaram que após o crime, o suspeito passou em outro supermercado e realizou a compra de outros materiais, que foi comprovada através do cupom fiscal.

O tenente ressaltou ainda que foi possível identificar que o homem não tinha necessidade de praticar este tipo de crime, devido as condições financeiras dele. O policial ressaltou também que todos os supermercados contam com uma tecnologia avançada de vídeo monitoramento, como câmeras de alta resolução e pessoas dedicadas a realizar este tipo de vigilância. “A Polícia Militar, toda vez que for acionada para este tipo de crime, vai fazer os levantamentos necessários e a condução destas pessoas”, ressaltou.

O suspeito foi levado para a delegacia de Polícia Civil, juntamente com o material apreendido.

 

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -