Homem com várias passagens pela polícia é encontrado morto em Uberlândia

Até o momento não existe um suspeito para o crime, contudo a Polícia Civil analisará quem teve desavenças com a vítima.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Na madrugada de ontem, domingo (10/06), um velho conhecido da polícia foi encontrado morto na Rua Mario Faria, Bairro Jardim Califórnia em Uberlândia. De acordo com informações da PM, uma pessoa ligou para o 190 e  relatou que caminhava pela rua quando viu que havia um corpo humano do sexo masculino caído ao solo.

Os policiais militares depararam com o corpo de um indivíduo branco, estatura mediana, trajando calça jeans cor azul, camiseta com listras e tênis cor branca, com características de ter sido alvejado por arma de fogo, já sem sinais vitais.

- Continua depois da publicidade -

Posteriormente foi constatado que o corpo era de Marcos Ferreira Rodrigues de 34 anos. Pouco tempo antes, uma ocorrência envolvendo a vítima foi registrada. Nela foi relatada que o homem em atrito com familiares. De acordo com o irmão a situação seria frequente e salientou que Marcos seria muito conhecido no bairro e envolvido com entorpecentes e pessoas estranhas. Ele já teria brigado com várias indivíduos devido ao estado que ficava quando fazia uso substâncias ilegais.

O irmão disse que desconhece quem poderia ter praticado o homicídio e afirmou ainda que no intervalo da estada da PM no local até o encontro do corpo, pegou sua mãe e foi para sua residência e ali permaneceu.

A vítima possui diversas passagens pela polícia. A perícia técnica da Polícia Civil compareceu ao local fez os serviços de praxes, constatando que o homem foi atingido por quatro disparos, um no pescoço, dois abaixo do queixo e um na face. O corpo foi removido ao IML (Instituto Médico Legal).

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -