Grupo protesta contra Bolsonaro em Patos de Minas

Cerca de 50 pessoas participaram da manifestação e distribuíram panfletos contra o atual governo.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Manifestantes contra o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) se reuniram na tarde deste sábado (29/05) na Praça do Coreto na Avenida Getúlio Vargas em Patos de Minas. Eles criticam a gestão do governo federal durante a pandemia da COVID-19.

O autônomo Eduardo Tavares explicou que a manifestação tem um caráter diferente uma vez que não é partidária. Segundo ele, é uma revolta pois o Brasil já chega no número de meio milhão de pessoas mortas pela COVID-19. “Se tivesse sido tomadas as medidas corretas e tivesse investido em vacinas, não chegaríamos a 200 milhões”, ressaltou o manifestante que acusa o Governo Federal de negligência.

O economista e ex-candidato a prefeito de Patos de Minas, Hermano Caixeta (PSB), disse que este foi um chamado nacional contra o “desgoverno e atuação” do presidente Jair Messias Bolsonaro durante a pandemia. Ele disse ainda que durante a CPI ficou constatado que o Brasil deixou de receber mais de 70 milhões de doses de vacinas. “Isso é para cada um de nós ter sido vacinado e a gente ter superado parte deste calvário”, afirmou.

Hermano disse ainda que a manifestação foi organizada pelas redes sociais através de dois movimentos, o “Coletivo Madalena” e o “Movimento de organização de base”. Ele descarta ter partido político por trás, apesar de alguns manifestantes se apresentarem com a bandeira do Partido dos Trabalhadores – PT.

Outra manifestante falou pessoalmente com nossa equipe, porém não quis dar entrevista. Ela disse que várias pessoas manifestaram a insatisfação com o governo, porém estas pessoas não participam do movimento. A jovem acredita que estas pessoas estão com medo de repressão. “Acredito que muitas pessoas da nossa cidade são contra como o governo tem conduzido essa situação…”, disse ao repórter Igor Nunes.

Os manifestantes pregaram cartazes no Coreto e distribuíram panfletos. Eles também seguravam vários cartazes contra o Governo Federal e também estavam com uma faixa de “Fora Bolsonaro”. Cerca de 50 pessoas participaram da manifestação que se reuniu na Avenida Getúlio Vargas e depois percorreu parte da Rua Major Gote, no Centro de Patos de Minas.

Durante a manifestação, o vereador bolsonarista, José Luiz (PODEMOS), fez algumas lives em rede social e questionou os manifestantes sobre as reivindicações do ato. Ele também retirou os cartazes do Coreto, dizendo ser um ato de vandalismo contra o patrimônio público. (clique aqui e leia mais)

 

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.