Greyce Elias lança Campanha Sinal Vermelho em Minas Gerais

O objetivo é fomentar políticas públicas de combate a violência doméstica.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira 27, foi lançada em Minas Gerais, sob a coordenação da Deputada Federal Greyce Elias (Avante/MG) a Campanha, “Sinal Vermelho contra a violência doméstica”, com a presença de várias autoridades nacionais e estaduais.

A parlamentar federal Greyce Elias afirmou que o objetivo é que cada cidade possa replicar a campanha, fomentar políticas públicas, para que as vítimas tomem conhecimento dessa alternativa de atendimento, no momento atual em que as mulheres estão confinadas, muitas vezes, com seus agressores.

- Continua depois da publicidade -

“Esta foi a nossa intenção quando convidamos vereadoras e prefeitas para este lançamento, para que  pudessem ser as multiplicadoras no interior, nas suas cidades, que pudessem levar essa campanha de forma ativa a cada um de seus municípios.”, disse a Deputada.

A presidente da AMB, Renata Gil, que também participou de audiência virtual promovida pela Deputada Federal Greyce Elias e Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados, agradeceu e explicou que as farmácias foram os locais escolhidos por terem grande capilaridade.

“Nós pensamos em um modelo de denúncia que fosse o mais simples possível. Escolhemos um sinal que fosse inequívoco, forte, marcante e apresentado em um estabelecimento que tivesse aberto em todos os lugares durante a pandemia, em um ambiente neutro, onde as mulheres se sentissem mais confortáveis para denúncia”

Renata Gil lembrou que até agora, 10 mil farmácias estão participando da campanha, mas ainda há muito para ser feito, pois existem mais de 80 mil farmácias em todo o Brasil.

A conselheira do CNJ Maria Cristiana Ziouva, também participou da videoconferência e se colocou à disposição em apoiar as prefeituras. Ressaltou a necessidade de intimidar os agressores: “É necessário que o agressor saiba que uma atitude violenta dele contra a mulher vai ter uma resposta firme. O Poder Judiciário está envolvido desde a criação da campanha. Agora, o agressor vai perceber que a mulher não está mais sozinha”.

A Procuradora do Estado de Minas Gerais, Jerusa Drummond, falou sobre a importância de salvar vidas com ações efetivas no estado, disse que existem vários tipos de agressores e que é preciso sim disponibilizar outras ferramentas para denúncia, ao final, colocou a disposição para auxiliar Minas Gerais no combate a violência contra a mulher. “Tenho trabalhado muito com esse tema de violência doméstica, até porque eu fui vítima de violência, e estou viva porque denunciei. Parabenizo o projeto e sugiro que campanha amplie os canais de denúncia, não só em farmácias pois, pode ser que a mulher não consiga nem sair para ir à farmácia.”

Minas foi o 5º estado a receber a Campanha que é uma iniciativa da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e que conta com o apoio da Bancada Federal Feminina no Congresso, além do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

A ideia da campanha é bem simples. Uma mulher que está sendo vítima de violência doméstica vai até uma farmácia, mostra o x desenhado na palma da mão, aí o atendente aciona a polícia que afasta o agressor e inicia os trâmites de atendimento a essa mulher.

Participaram do Lançamento e também fizeram o uso da palavra, a Secretária de Desenvolvimento Social de MG – Elisabeth Jucá, Representante da OAB Mulher/MG Isabel Araújo, Vice-Presidente da OAB Jovem/MG – Amanda Melo, Presidente Nacional do Avante Mulher – Carol Canabrava,  Gerente do Centro Risoleta Neves de Atendimento às Mulheres – Cláudia Natividade, Prefeita de Monsenhor Paulo – Letícia Belato, Vereadora de Curvelo – Karla Araújo, Vereadora de Abaeté – Ju da Vacina, Vereadora de Extrema – Telma, Vereadora de Guimarânia – Luzimere, Vereadora de Bonfinópolis – Livia Matos, liderança do Avante – Maria Aparecida (Cida) e representantes do Projeto Delas de Sete Lagoas- Raissa e Cristiano.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -