Grávida que desapareceu é encontrada morta em João Pinheiro

A vítima estava desaparecida desde a última segunda-feira. Uma suspeita deu entrada com uma recém-nascida no hospital horas depois. Nesta tarde, após tentativa de linchamento, a polícia localizou o corpo da vítima em meio a uma vegetação.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Reprodução (JP AGORA)

O desaparecimento de uma jovem de 22 anos teve um desfecho trágico em João Pinheiro, no noroeste do estado. A vítima estava desaparecida desde a última segunda-feira (15/10).

De acordo com informações do Portal JP Agora, uma mulher que era conhecida da jovem, compareceu ao Hospital Municipal, com o bebê enrolado em um pano e com um ferimento na cabeça dizendo que era a mãe da recém-nascida.

O médico que atendeu a mulher, disse que queria examinar o recém-nascida, o que foi negado pela mulher. O médico verificou que a mulher não apresentava evidências de gravidez e de ter ganhado a criança horas antes. A Polícia Militar foi acionada e começou a realizar as diligências.

Familiares da jovem desaparecida estiveram no hospital e, questionaram a mulher sobre o paradeiro. Segundo informações, a vítima estava morando com a suspeita a aproximadamente uma semana.

A recém-nascida teve complicações respiratórias, por nascer prematura, e foi transferido para o Hospital São Lucas, em Patos de Minas.

Na tarde desta terça-feira (16/10), algumas pessoas tentaram linchar a suspeita do sumiço. Agentes da Polícia Civil a levaram até o local apontado por ela própria como o último lugar que manteve contato com a jovem. Os policiais conseguiram conter as pessoas e garantiram a integridade da mulher.

Instantes depois deste episódio, o corpo da vítima foi localizado em meio a uma vegetação. A perícia técnica foi acionada e trabalha no local.

FONTE: JP AGORA (De João Pinheiro-MG)


Essa matéria poderá ser atualizada com maiores informações.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.