Governo Federal garante recursos para expansão do metrô de Brasília

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Os governos federal e do Distrito Federal assinaram hoje (22) autorização para licitar etapas de  expansão e modernização do metrô de Brasília, em cerimônia no Palácio do Planalto com a participação do presidente Michel Temer e do governador do DF, Rodrigo Rollemberg.

Serão licitações para a expansão do metrô em Samambaia, para a modernização das linhas em funcionamento e para a construção do viaduto da EPIG (Estrada Parque Indústrias Gráficas).

Rollemberg detalhou que serão R$ 285 milhões para expansão e modernização do metrô e R$ 20 milhões para a construção do viaduto. A esses valores será somada a contrapartida do governo do Distrito Federal. A previsão divulgada pelo Ministério das Cidades é de que o recurso para a obra totalize R$ 333 milhões.

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, explicou que com a assinatura da autorização ocorrida hoje, o governo federal está assegurando os recursos necessários para que o governo do DF possa realizar a licitação.

A expectativa, de acordo com Rollemberg, é que as obras possam ser iniciadas no final deste ano ou início de 2019. “Com essa autorização, vamos fazer a licitação que deve ser lançada no segundo semestre deste ano para que no fim deste ano, ou início do ano que vem, as obras de modernização e ampliação do metro possam ser iniciadas”, disse. Ele acrescentou que, no caso do viaduto, a licitação poderá ser lançada no prazo de 60 dias.

O presidente Michel Temer lembrou que a expansão do metrô é uma demanda antiga da população do Distrito Federal. “A mobilidade urbana é um dos grandes desafios do nosso tempo. O metrô é o meio de transporte mais rápido, mais veloz e o que mais antede à população, portanto, o metrô é decisivo para o desenvolvimento da capital”, disse ao discursar não cerimônia.

A etapa de modernização da Linha 1 compreenderá a ampliação da capacidade dos sistemas instalados por meio de modernização tecnológica. A expansão do trecho de Samambaia contemplará a extensão de 3.680 m, duas estações, ciclovia, viadutos rodoviários, bem como passagens para pedestres, paraciclos e estacionamento na superfície.

A obra do viaduto da compreende a implantação de corredor exclusivo de ônibus no eixo oeste com a construção do viaduto de intersecção da EPIG com o Setor Sudoeste e Parque da Cidade.

 


Problemas em visualizar essa matéria? Clique aqui e confira a íntegra.


Fonte: Agência Brasil

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Comments System WIDGET PACK

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade é integral do autor de cada comentário. Comentários ofensivos podem ser removidos sem autorização prévia. Ao comentar, você concorda com a Polícia de Privacidade e Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.