Governo de Minas Gerais promove curso inédito para pessoas com Síndrome de Down

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Pela primeira vez no Brasil, o Governo do Estado de Minas Gerais vai ofertar cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para pessoas com Síndrome de Down. A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) e a Prefeitura Municipal de Pelo Leopoldo.     

Ao todo serão ofertadas 25 vagas para pessoas com deficiência intelectual. O curso de Recepcionista de Eventos tem 200 horas de conteúdo e duração aproximada de três meses.

“A Sedectes atua hoje de diferentes formas no incentivo ao mercado de trabalho por meio de projetos de inovação e empreendedorismo. Nossa meta é contribuir na capacitação nas mais diversas formas, buscando uma sociedade mais justa e igualitária”, destaca o secretário Miguel Corrêa.

O curso, que acontece dentro da Escola Municipal José Elias da Costa, teve início na quinta-feira (21/9) para os 17 alunos que já se inscreveram. O primeiro momento contou com a participação dos alunos e familiares, além de autoridades municipais.

Os alunos, por meio dos pais, vão receber ajuda de custo de R$ 9,00 por dia. O auxílio vai ser de acordo com o dia de aula frequentado. Além disso, todos receberão material escolar e uniforme.

Para participar o aluno deve ter idade superior a 16 anos. As inscrições podem ser feitas até o dia 9 de outubro na Secretaria de Assistência Social de Pedro Leopoldo.

Os pais dos alunos contemplados com a oportunidade comemoram a possibilidade de um futuro de trabalho e autonomia. Para Clayton Ventura, pai do aluno André, o curso vai realizar um papel importante de inserção para as pessoas com necessidades especiais do município.

“Essa modalidade vai preparar as pessoas que são tão especiais para nós. O curso do Pronatec Sedectes veio facilitar a oportunidade para absorção no mercado de trabalho. Sempre tive a esperança de que meu filho seguiria a vida independente e feliz”, conta Ventura, emocionado.

A coordenadora-geral do Pronatec Sedectes, Cristiane Saldanha, salienta que a perspectiva é de que o benefício do curso destaque a capacitação profissional dos alunos.

“Buscamos inovar nos cursos que a secretaria já oferece desde o início do ano. Atuamos hoje em 17 municípios na Grande BH e interior de Minas Gerais. A capacitação para pessoas com Síndrome de Down representa um grande avanço na inclusão social e produtiva”, diz Cristiane.


Problemas em visualizar essa matéria? Clique aqui e confira a íntegra.


Fonte: AGÊNCIA MINAS

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS