Governo de Minas Gerais conclui obra de pavimentação na CCH-125 em Carlos Chagas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O secretário de Estado de Casa Civil e Relações Institucionais, Marco Antônio Rezende, visitou nesta quarta-feira (11/10) as obras de melhoramento e pavimentação de 3,9 quilômetros da rodovia municipal CCH-125, em Carlos Chagas, no Território Mucuri. As intervenções foram concluídas neste mês e eram demanda da população há cerca de 10 anos.

Representando o governador Fernando Pimentel, o secretário destacou o trabalho do Estado para enfrentar a crise econômica e a importância da obra para a região. “Intervenções como essa são fundamentais para que a gente possa cumprir com a obrigação do Estado, que é servir o público. Embora o país esteja em crise e o Estado também, sem recursos, isso não impede que façamos o trabalho, que estabeleçamos prioridades e possamos atender a essas questões como exige a nossa população”, disse.

De acordo com a Secretaria de Transportes e Obras Públicas (Setop), as obras na CCH-125 começaram em maio deste ano e foram concluídas neste mês. Foram investidos R$ 1,9 milhão, sendo R$ 1,88 milhão do governo estadual e o restante como contrapartida pela Prefeitura de Carlos Chagas. A rodovia é uma rota importante para grandes frigoríficos da região.

MG-105

Marco Antônio Rezende também anunciou a autorização, pelo governo, para que o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) faça a licitação das obras de pavimentação de 13,6 quilômetros da MG-105, entre o município de Fronteira dos Vales e o entroncamento da MG-205 em Joaíma, com investimento de R$ 18 milhões. Disse também estar autorizado o recapeamento asfáltico de 1,6 quilômetros da MG-105, entre Carlos Chagas e o entroncamento da BR-418, com investimento de R$ 250 mil.

“A intenção do governador era assinar hoje, diante de vocês, diante dos prefeitos, as duas ordens de serviço para a execução pelo DEER. São intervenções muito importantes. O impacto da obra que liga Fronteira a Joaíma e da obra que liga o Vale do Jequitinhonha ao Mucuri são fundamentais para o plano de recuperação de toda essa região”, acrescentou o secretário de Casa Civil.

O prefeito de Carlos Chagas, Acácio Vieira Coutinho, agradeceu a sensibilidade do governador em atender demandas da região, como as melhorias da estrada. “Essas obras permitirão melhorias na nossa economia, nas condições de trabalho de empresas e funcionários que circulam aqui, gerando emprego e renda para a cidade. Vai melhorar as condições de exportação das empresas de frigorífico que estão aqui”.

O primeiro vice-presidente da Câmara dos Deputados, Fábio Ramalho, lembrou que a crise financeira atinge a todos os Estados. “Mas não podemos parar de trabalhar. O governador tem tanta sensibilidade com a região que atendeu não só o pedido desta obra da CCH-125, como vai anunciar despachos liberando outras duas demandas. Temos que atuar de forma conjunta com o Estado”, afirmou o deputado.

Também estiveram presentes os deputados estaduais Jean Freire e Gustavo Santana, o presidente da Cohab, Alessandro Marques, o coordenador da regional do DEER em Teófilo Otoni, José Nelson Sobrinho, o secretário Executivo dos Fóruns Regionais de Governo Território Mucuri, José Romário da Silva, e prefeitos da região e entre outras autoridades locais.


Problemas em visualizar essa matéria? Clique aqui e confira a íntegra.


Fonte: AGÊNCIA MINAS

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Para denunciar um comentário ofensivo clique na bandeira vermelha.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.