Golpista se passa por intermediador e dá prejuízo de R$ 60 mil

O caso foi registrado pela PM na segunda-feira (26) em Lagamar.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Dois homens foram vítimas de um golpe de estelionato no município de Lagamar. Segundo informações da Polícia Militar, o proprietário de um lote de gado publicou um anúncio através do Facebook e certo tempo depois foi contatado por um cidadão que se identificou como “Mário”, suposto advogado do estado da Bahia.

Esse “advogado” disse que compraria o lote de animais, contudo só pagaria após repassá-lo (vendesse) para um terceiro. Diante disso, o vendedor ficou aguardando o depósito e a sinalização de quem iria fazer a retirada do gado.

A segunda vítima, um jovem de 24 anos de Uberlândia, viu um anúncio na internet, postado por “Mário”, e ficou interessado. O valor inicial da pedida era R$ 80 mil, contudo foi concedido um desconto de R$ 20 mil. Crente que faria um bom negócio, o rapaz fez a transferência bancária de R$ 60 mil.

O jovem se dirigiu para Lagamar, acompanhado de um caminhão para o transporte, e fez contato com o real proprietário dos animais. As duas vítimas foram até o sindicato rural e providenciaram a documentação para o transporte. O dono ficou aguardando a transferência do dinheiro prometido por “Mário”, contudo após certo tempo percebeu que se tratava de um estelionatário.

As duas vítimas procuraram a Polícia Militar e registraram um boletim de ocorrência. O jovem tentou bloquear a transferência através da gerencia bancária, contudo a quantia já havia sido movimentada.

Por fim, o gado permaneceu em Lagamar com o legítimo dono. O caso será investigado pela Polícia Civil.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS