Golpe da Vacina: Secretaria de Saúde alerta população de Patos de Minas

Segundo o órgão, não está acontecendo vacinação em domicílio, nem na cidade e nem na zona rural. Acamados serão imunizados em casa, mas a data ainda será definida.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Golpe Vacina Patos de Minas
Foto: Pixabay/Triângulo Notícias

A Secretaria Municipal de Saúde está alertando moradores da cidade e da área rural quanto às condutas adotadas pela pasta durante a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza em andamento desde março. A medida é uma forma de evitar que golpistas aproveitem o momento e façam novas vítimas no município, como um idoso do distrito de Major Porto que precisou ser encaminhado ao hospital depois de receber uma falsa vacina e ter sido roubado.

Diante dessa ocorrência, a secretaria emitiu as seguintes orientações:

-embora esteja ocorrendo a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde não está vacinando em domicílio, nem na cidade nem na zona rural. Serão vacinados na própria residência somente os acamados, mas a data desse serviço ainda será divulgada.

-no caso da vacinação domiciliar, é importante explicar que os agentes de saúde estarão sempre em dupla, uniformizados e com crachá de identificação. Além disso são, geralmente, profissionais conhecidos da comunidade, pois atuam muito próximos da população;

-a Secretaria de Saúde alerta que o ocorrido em Major Porto foi um golpe, possivelmente aproveitando também o momento de receio da população quanto à pandemia de coronavírus. Vale lembrar que não há vacina ou injeção alguma até o momento que proteja contra esse vírus. A população deve ficar atenta e desconfiar da presença de pessoas não identificadas oferecendo serviços de saúde ou quaisquer outros.

A ocorrência – A aplicação do golpe em Major Porto ocorreu na terça-feira (31). O fato envolveu um idoso que recebeu em casa um casal, vestido de roupas brancas, dizendo que era do Programa Saúde da Família (PSF) e iria vaciná-lo. O homem e a mulher chegaram a aplicar um medicamento na vítima, deixando-a sonolenta, e aproveitaram para roubar uma quantia em dinheiro.

A equipe de saúde do distrito foi acionada somente na manhã de ontem, prestando o socorro necessário ao idoso e encaminhando-o para a UPA. Um boletim de ocorrência também foi registrado pelos profissionais. Segundo a secretaria, a vítima segue internada, apresenta quadro clínico estável e está recebendo toda a assistência necessária da equipe médica da unidade.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS