Gilmar Mendes manda soltar empresários presos na Operação Fatura Exposta

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes mandou soltar hoje (19) dois empresários presos na Operação Fatura Exposta, da Polícia Federal (PF). Miguel Iskin e Gustavo Estelita Cavalcanti Pessoa tiveram a prisão preventiva convertida por medidas cautelares, como cumprir recolhimento domiciliar noturno, proibição de manter contato com investigados e proibição de deixar o país.

O ministro atendeu a um pedido de habeas corpus feito pela defesa dos acusados.

- Continua depois da publicidade -

Deflagrada em abril, a Operação Fatura Exposta desarticulou uma quadrilha que participava de fraudes em licitações no Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into) e na Secretária de Saúde do Rio de Janeiro. O ex-secretário estadual de Saúde Sérgio Côrtes (na gestão do então governador Sérgio Cabral, também foi preso na ocasião.

O nome da operação em que foram presos os dois empresários é Fatura Exposta, e não Fratura Exposta, como tinha sido publicado. O título também foi corrigido

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -