Gasolina é vendida a R$ 6 em Patos de Minas; MPMG e PROCON apuram atraso na redução

Com a nova tributação, redução em alguns postos chegou a R$ 1,44.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Combustíveis em Patos de Minas - 05-07-2022
Preços coletados em dois postos nesta terça-feira (05/07)
Foto: Patos Notícias

Os postos de combustíveis de Patos de Minas aplicaram nesta terça-feira (05/07) a redução no preço da gasolina com base na queda do percentual do ICMS (18%). Na segunda-feira (04), o Procon indicou que alguns postos não haviam reajustado o preço no comparativo com 25 de junho.

Depois da repercussão da notícia, os consumidores perceberam uma queda significativa. Atualmente o preço médio da gasolina comum é de R$ 6,00. Já o etanol é vendido em média por R$ 4,70.

Na semana passada (27/06), alguns postos de Patos de Minas já começaram a aplicar a redução no preço com base nos tributos federais que foram zerados. Agora, o preço já considera as novas alíquotas da união e do estado.

O Patos Notícias comparou o preço de dois postos de combustíveis, com bandeiras diferentes, situados na Rua Major Gote.

GASOLINA 25/06 04/07 05/07
Posto 1 R$ 7,89 R$ 7,09 R$ 6,39
Posto 2 R$ 7,49 R$ 7,49 R$ 6,05

O coordenador do Procon, Rafael Godinho Nogueira, explicou que o órgão estranhou porque não houve a redução de preço a partir de domingo (02), já que o decreto estadual do ICMS foi publicado na sexta-feira (01).

Pelo decreto publicado no Diário Oficial da União de 1º de julho, os efeitos da redução do ICMS são retroativos à 23 de junho de 2022. Contudo, são vários os fatores que podem implicar na alteração de preço como os estoques dos postos e a margem de lucro do empresário.

O Procon de Patos de Minas decidiu encaminhar a questão para análise do Ministério Público de Minas Gerais por se tratar de política tributária estadual. Com base no parecer do MPMG, o órgão municipal tomará as medidas cabíveis.

Rafael Godinho recomendou que os consumidores aguardem a manifestação do MPMG. Assim que houver alguma atualização, o Procon comunicará na imprensa e nas redes sociais (@procon.patos no instagram).

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

7 Comentários
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Desenhando pra entender
06/07/2022 22:41

Nada a ver a questão do estoque antigo. Não é o preço do combustível que se leva em conta e sim o percentual do imposto a ser cobrado. Deveria reduzir o valor apartir do dia que houve mudança da alíquota. O preço de compra não mudou na distribuidora.

Pirilampo da Silva
06/07/2022 11:59

Viva os veículos elétricos!!! E que tomem conta do mundo, em breve…

Nayane
05/07/2022 20:18

O procon não entende q as empresas tem estoque e tem q vender esse estoque do preço antigo até acabar para abaixar e vender o novo estoque que chegou .. conta básica tem muito o que procurar não

Dudu ol
Responder a  Nayane
05/07/2022 20:27

Quando é para subir não funciona dessa forma

Barbosa
Responder a  Nayane
05/07/2022 20:37

Na hora que sobe o valor eles não esperam para subir lógico que tem que abaixar

Joãozinho
Responder a  Nayane
05/07/2022 20:42

Na hora de aumentar, aumenta o do estoque abre o olho amigo

Mary Silva
Responder a  Nayane
06/07/2022 09:22

Vc deve ser dono de algum posto pq quando sobe o preço no dia seguinte já está com preço novo agora quando e pra baixar tem q esperar o estoque antigo acabar ?? Bando de vagabundos isso sim se aproveitando do povo

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.