‘Fuzil pode ser o pau grande que ele não tem’, diz Ciro

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Reprodução (Renova Mídia)

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, visitou neste sábado (22) o Aglomerado da Serra, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Em entrevista à Rádio Autêntica Favela, Ciro defendeu a educação como forma de evitar a entrada de crianças e jovens na criminalidade.

- Continua depois da publicidade -

Segundo ele, o grande problema da violência no país são as facções – em especial o PCC e o Comando Vermelho -, que recrutam os “aviões” entre as crianças e adolescentes das favelas.

Ciro Gomes declarou, conforme reportado pelo Estado de Minas:

Temos o PCC e o CV, e agora uma facção abestada no Ceará, a GDE. E o PCC, que é mais esperto, usa essa meninada do GDE e coloca uma metralhadora na mão dele, um fuzil pesado, uma AR15, e aquele menino que talvez o pau seja pequeno, acha que aquele fuzil pode ser o pau grande que ele não tem.

Em seguida, o presidenciável do PDT pediu desculpas pela expressão:

Desculpe aí a senhora que está ouvindo, mas só posso entender por isso. Porque o menino vai morrer daqui a seis meses. É uma coisa impressionante.

Fonte: Renova Mídia

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -