Fhidro celebra convênio para proteção e recuperação de bacias mineiras

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Quatro bacias hidrográficas em Minas Gerais vão receber recursos para garantir a preservação e recuperação de nascentes e a elaboração de Planos Municipais de Saneamento Básico na área de abrangência de 13 municípios mineiros.

Serão investidos mais de R$ 1,5 milhão para o desenvolvimento de dois projetos. O recurso aplicado vem do Fundo de Recuperação, Proteção e Desenvolvimento Sustentável das Bacias Hidrográficas do Estado de Minas Gerais (Fhidro).

- Continua depois da publicidade -

O primeiro convênio, assinado com a prefeitura de Divinolândia de Minas, tem como objetivo proteger e recuperar as nascentes e aumentar a vazão do Córrego Manoel José, na Bacia do Rio Suaçuí. Nesse projeto serão aplicados mais de R$ 360 mil, no prazo de 22 meses.

Já o convênio assinado com o Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Regional Sustentável (Cidersu) garantirá a elaboração de 12 Planos Municipais de Saneamento Básico, contemplando os municípios de Alterosa, Campanha, Carvalhópolis, Cordislândia, Machado, Monsenhor Paulo, Paraguaçu, Poço Fundo, São Gonçalo do Sapucaí, São João da Mata, Serrania e Silvianópolis.

Os planos contemplam melhorias nas Bacias Hidrográficas do Entorno do Reservatório de Furnas, do Rio Verde e do Rio Sapucaí. O prazo para execução é de 14 meses. Por meio do Fhidro serão aplicados mais de R$ 1,1 milhão nos 12 Planos.

Para a diretora-geral do Instituto Mineiro de Gestão das Águas, Marília Melo, a celebração desses convênios é uma ação de extrema importância dentro da política de gestão de recursos hídricos.

“Estamos cumprindo a função do Fhidro de financiar projetos que contribuam efetivamente para recuperação das bacias hidrográficas. Além disso, nestes casos, os Planos de Saneamento são ferramentas de planejamento que auxiliarão esses municípios nas suas ações de abastecimento de água, tratamento de esgotos, garantindo ainda a possibilidade de obter financiamento”, frisa Marília Melo.


Problemas em visualizar essa matéria? Clique aqui e confira a íntegra.


Fonte: AGÊNCIA MINAS

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -