Fernando Pimentel recebe presidente da Embraer e reafirma compromisso do governo com avanço da empresa

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O governador Fernando Pimentel recebeu nesta quinta-feira (9/11), no Palácio da Liberdade, o presidente da Embraer, Paulo Cesar de Souza e Silva, ocasião em que reafirmou a importância da empresa para o desenvolvimento econômico do Estado e do setor que mobiliza diversas indústrias. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Miguel Corrêa, e diretores da empresa acompanharam o encontro. 

Para o presidente da Embraer, a parceria com o Governo do Estado tem sido importante para o crescimento da empresa. “Minas Gerais está, sem dúvida, no radar da Embraer, e a tendência é justamente a gente aumentar nossa presença no Estado. Este encontro com o governador é importante porque existe uma relação muito profunda entre a Embraer e o governo do Estado. A presença da Embraer em Minas Gerais é uma parceria que está dando certo. Nós temos aqui hoje por volta de 150 engenheiros trabalhando, desenvolvendo as aeronaves em várias áreas. Belo Horizonte se tornou um polo de desenvolvimento e inovação, colocando Minas Gerais sempre à frente”, afirmou o executivo.

- Continua depois da publicidade -

Para o secretário Miguel Corrêa, a presença da Embraer em Minas Gerais agrega valor ao Estado, criando um ambiente de inovação tecnológica. “Construir um acordo com uma empresa do tamanho da Embraer, uma das principais exportadoras de tecnologia do Brasil, é de extrema relevância para a indústria do Estado. Nós estamos falando de uma das principais empresas do mundo, e o governo de Minas Gerais é parceiro incondicional e aposta nela”, ressaltou.


Problemas em visualizar essa matéria? Clique aqui e confira a íntegra.


Fonte: AGÊNCIA MINAS

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -