Farmácia Popular tem fechamento determinado pelo Governo Federal

A partir do dia 30 de junho, o programa deixa de existir em Patos de Minas com o fechamento da unidade na cidade.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Reprodução

No início do mês, o Ministério da Saúde (MS) anunciou o encerramento das atividades do programa Farmácia Popular Rede Própria em todo o Brasil. Por ser uma decisão única e exclusiva do Governo Federal, os municípios não têm outra opção a não ser encerrar as atividades desta modalidade de atendimento nas cidades.

Sendo assim, o órgão federal determinou que, até o final de julho, todas as unidades do programa serão fechadas em um processo gradual. A data estipulada para o fechamento da unidade em Patos de Minas foi o dia 30 de junho, ou seja, próxima sexta-feira.

- Continua depois da publicidade -

Criado em 2004, o programa Farmácia Popular disponibiliza vários medicamentos gratuitos ou com descontos de até 90% para população. Em todo o País, são 504 unidades farmacêuticas habilitadas, sendo 393 delas ativas. Em Patos de Minas, havia uma unidade em funcionamento, na praça Desembargador Frederico.

Segundo nota da Secretaria Municipal de Saúde, a população poderá recorrer a outros programas como o “Aqui tem Farmácia Popular”, parceria do MS com farmácias privadas, que não será extinto. Segundo o Ministério da Saúde, o programa custa para os cofres da União R$ 100 milhões. Atualmente, todas as cidades do Brasil recebem R$ 5,18 por cidadão para compra de medicamentos de assistência básica. De acordo com a pasta, a partir de agora, esse valor vai aumentar para R$ 5,58, por conta do “incremento” do valor que seria gasto com o programa Farmácia Popular. Por meio da assessoria, o ministério argumenta que o custo administrativo para a manutenção das farmácias da rede própria chegava a 80% do orçamento do programa, custando quase R$ 100 milhões por ano, e apenas cerca de R$ 18 milhões, de fato, estavam sendo utilizados na compra e distribuição de medicamentos.

Desde sua criação, o programa já atendeu mais de 43 milhões de brasileiros, o que equivale a 20% da população do país. São disponibilizados, ao todo, nas Farmácias Populares 42 produtos,s endo que 26 deles são gratuitos r o restante com descontos que chegam a 90%. Em média, por mês, o Programa beneficia em torno de 9,8 milhões de pessoas, principalmente àquelas com 60 anos ou mais, que representam cinco milhões do total. A maior parte dos pacientes atendidos (9 milhões) acessa medicamentos de forma gratuita e os mais dispensados são para tratamento de hipertensão (7,2 milhões), diabetes (3 milhões). Confira no site do Ministério da Saúde.

ASCOM – Prefeitura de Patos de Minas

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -