Fapemig incentiva estudos espeleológicos em Minas Gerais

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) divulgou a Chamada 07/2018 – Pesquisa na área de Espeleologia, em parceria com a Vale S.A. Ao todo, serão destinados R$ 3 milhões às propostas aprovadas, recursos oriundos, em sua maioria, da Vale S.A.

Para o presidente da Fapemig, Evaldo Vilela, a ação conjunta com a iniciativa privada é significativa para estimular, ainda mais, as pesquisas no estado. “É de conhecimento que Minas Gerais passa por severa crise fiscal. Assim, é preciso buscar novas possibilidades diante deste quadro e, nessa perspectiva, a parceria com a iniciativa privada é fundamental para continuar fomentando as pesquisas na academia que tragam benefícios para a sociedade”, pontua.

A chamada contempla duas linhas temáticas. A primeira visa à formação de taxonomistas em nível de pós-graduação e a criação e disponibilização de bases ou coleções digitais dos elementos encontrados nas cavernas, incluindo registro de distribuição, fotos, ilustrações e outras informações taxonômicas relevantes.

“Minas Gerais é repleta de cavernas que não foram estudadas e, neste cenário, o papel do taxonomista é fundamental na coleta e registro de informações relevantes. Sem este estudo preliminar não há como afirmar se ela contém riquezas em seu interior”, explica Vilela.

Já a segunda linha temática tem como objetivo o desenvolvimento de estudos espeleológicos voltados à evolução da aplicação do conceito “área de influência de cavernas”, definida como a área que compreende os elementos bióticos e abióticos, superficiais e subterrâneos, necessários à manutenção do equilíbrio ecológico e da integridade física do ambiente cavernícola.

“Hoje sabemos que o controle ambiental está cada dia mais rigoroso. Ocorre que é preciso estudar e conhecer a fauna, bem como os impactos que podem ser gerados pela mineração sobre as cavernas, para a posterior concessão da licença ambiental para exploração. Essa chamada vem para subsidiar esse estudo”, finaliza.

Os interessados devem submeter suas propostas à Fapemig, eletronicamente, via sistema Everest, até às 17h do dia 13 de agosto de 2018. A Fundação pede atenção quanto à necessidade de as mesmas estarem alinhadas ao desenvolvimento de pesquisas que atendam aos interesses da Vale S.A, do setor da mineração, e do Estado de Minas Gerais. Para mais informações, acesse a chamada na íntegra, aqui.

Fonte: Agência Minas

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS