Fantasma em foto de Guarda dos Ferreiros? Confira a explicação do fenômeno

Imagem viralizou nas redes sociais nesta semana.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
fantasma guarda dos ferreiros
Suposto fantasma aparece ao fundo da imagem.
Foto: Reprodução (Internet/Rede Social)

Uma foto viralizou nas redes sociais nesta semana. A imagem mostra dois rapazes próximo a uma viatura da Polícia Militar, no entanto, o que chama atenção é um suposto fantasma que passa perto de uma igreja.

O registro, segundo os internautas, foi feito no Distrito de Guarda dos Ferreiros, município de Rio Paranaíba/São Gotardo. Muitas pessoas compartilharam a imagem e afirmaram que realmente se trata de uma assombração.

Apesar das especulações o fenômeno é resultado da tecnologia. A foto foi capturada por um aparelho celular e no período noturno. O sistema destes dispositivos possuem sensores que verificam as condições de luminosidade e adaptam as configurações para obter a melhor qualidade.

O obturador, uma espécie de cortina dentro da câmera por onde a luz passa e chega até o sensor digital, funciona por meio do tempo de exposição. Normalmente ele é muito curto, quase instantâneo, contudo quando está escuro a câmera fica com ele aberto por mais tempo. Logo, na foto em questão, o tempo de exposição foi mais elevado, lento, e gerou um efeito de movimento.

O suposto fantasma é possivelmente uma pessoa ou um animal de pequeno porte (cachorro) que estava passando pelo local no momento da captura.

Exemplo

foto alta exposição unipam patos de minas
Foto: Comunicação Social (UNIPAM)

Fantasmas podem ser criados apenas alterando a velocidade/tempo do obturador. Na imagem acima o tempo de exposição foi maior e gerou esse efeito de “movimento”. As duas pessoas que aparecem na foto se movimentaram no momento da captura.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS