Familiares pedem ajuda para cirurgia de urgência de menino de seis anos

Arthur Correa foi diagnosticado com Divertículo de Meckel, teve complicações e precisa fazer a reconstrução do intestino delgado.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Familiares de Arthur Correa de Oliveira, de seis anos, pedem ajuda para poder realizar uma cirurgia de urgência, orçada em 18 mil reais. O garoto reside com os pais na Fazenda Boa Vista, no município de Lagamar. Arthur está na fila de espera pela cirurgia pelo SUS – Sistema Único de Saúde, porém não há previsão de quando procedimento será feito.

Há três meses, Arthur foi diagnosticado com Divertículo de Meckel (que é uma pequena protuberância [bolsa] de poucos centímetros no intestino delgado). Ele teve complicações e passou por dois procedimentos cirúrgicos para a retirada dela. Desde então, ele usa uma bolsa de colostomia de uso temporário até o intestino se recuperar.

- Continua depois da publicidade -

Para a remoção da bolsa, o pequeno Arthur precisa passar por outra cirurgia para fazer a reconstrução do intestino. Ele já pode passar por esta reconstrução, porém a cirurgia ofertada pelo SUS vai demorar muito por conta da pandemia. O valor do procedimento na rede particular é cerca de R$18.000.00.

Desesperados, os pais pedem ajuda para custear a cirurgia para que o Arthur possa voltar a ter uma vida normal. Arthur está em casa, fazendo o uso da bolsa que é temporária e trocada a cada quatro dias. Familiares contam que o menino chora bastante para realizar a troca, tendo em vista que há um orifício na barriga.

Para qualquer doação, as pessoas podem entrar em contato com o pai da criança, Donizete Correa, pelo telefone 034 99828-7417 ou pelo telefone da mãe, Leidiane de Oliveira, 034 99919-3621. Por se tratar de zona rural, o sinal de aparelho celular é ruim e o contato pode ser feito pelo WhatsApp.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -