Falta de sinalização pode ter contribuído para acidente com morte em Patos de Minas

Um homem de 39 anos morreu depois de ser atingido por uma caminhonete. Não havia sinalização de parada no cruzamento, conforme informou a Polícia Militar.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
WhatsApp Image 2018-09-11 at 12.01.48
Foto: Reprodução (Rede Social)

Um grave acidente de trânsito deixou uma vítima fatal na manhã da última terça-feira (11) no Bairro Jardim Paulistano em Patos de Minas.

Um motociclista foi atingido violentamente por uma caminhonete. De acordo com a Polícia Militar, na esquina não havia sinalização de parada e isso pode ter contribuído para o acidente.

- Continua depois da publicidade -
Local onde o acidente aconteceu na manhã de 11 de setembro.
Gráfico: Triângulo Notícias/Google

O condutor da Toyota/Hilux relatou que trafegava pela Rua Virgílio Caixeta de Queiroz, momento que parou no cruzamento com a Avenida Professor Aristides Memória e olhou para os dois lados da via e não viu nenhum veículo. Quando ele iniciou a travessia a moto veio e colidiu com a caminhonete.

O motociclista, que faleceu no local, seguia sentido ao Bairro Cidade Nova. Duas testemunhas viram o momento da colisão e relatam o fato, contrariando a versão do condutor. Segundo elas o motorista havia ultrapassado o cruzamento e colidido. Narraram ainda que a motocicleta não aparentava estar em alta velocidade, já a caminhonete seguia em velocidade considerável.

Imagens de uma câmera de segurança também confirmam essa versão. Nas imagens, que serão usadas pela polícia, é possível ver a caminhonete entrando no cruzamento e colidindo contra o motoqueiro.

WhatsApp Image 2018-09-11 at 12.02.22
Foto: Reprodução (Rede Social)

O Corpo de Bombeiros e o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) compareceram ao local, porém não havia muito o que ser feito. Richaidy Silveira Lopes, de 39 anos, faleceu e seu corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal), sendo posteriormente liberado para velório e sepultamento.

Os policiais militares, juntamente com a perícia técnica da Polícia Civil, constataram que não havia sinalização, nem horizontal e nem vertical, na Rua Virgílio Caixeta. Esse fato pode ter contribuído com o acidente.

O motorista de 45 anos disse que a caminhonete não era de sua propriedade e que estava fazendo um favor a um amigo. Ambos os veículos estavam regulares e foram liberados.

A reportagem do Triângulo Notícias buscou imagens anteriores ao fato. Uma foto capturada em 2011 mostra a ausência de sinalização no cruzamento.

Capturada em julho de 2011.
Foto: Reprodução (Google Maps)

Em locais sem sinalização, de acordo com o código de trânsito, a preferência é do veículo que vem pela direita do condutor.

Procuramos a Secretaria de Trânsito de Patos de Minas para saber a respeito da sinalização. Até o fechamento desta edição não recebemos um posicionamento oficial.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -