Falcão vai a BH e a Brasília e se reúne com Zema e com Deputados

Com agendas em Belo Horizonte e em Brasília, o prefeito eleito busca garantir investimentos para a cidade pensando no início de 2021.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação

Ainda que o novo mandato do Executivo Municipal só se inicie oficialmente no dia 01/01/2021, Luís Eduardo Falcão já está trabalhando em nome de Patos de Minas. Os encontros com lideranças estaduais e federais buscam garantir verbas importantes.

Na última terça, 15 de dezembro, Falcão e a futura primeira dama, Ludimila Falcão, estiveram no Palácio Tiradentes a convite do Governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema. No encontro, o prefeito eleito agradeceu pelo apoio e apresentou demandas prioritárias relacionadas principalmente à saúde e infraestrutura. Romeu Zema reafirmou o compromisso com Patos de Minas e toda a região, o que tende a melhorar ainda mais a partir de 2021. Mencionando a necessidade de ouvir os eleitos de toda a região, Falcão solicitou e ficou acertada uma visita do governador a Patos de Minas nos primeiros meses do ano que vem.

Ontem, 16/12, o prefeito eleito seguiu para Brasília, onde se encontrou com os deputados federais mineiros Greyce Elias, Igor Timo e Cabo Junio Amaral, além de se reunir com o Secretário Executivo do Ministério da Educação e com o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE.

No MEC, Falcão solicitou ao Secretário o andamento das obras da Universidade Federal de Uberlândia – Campus Patos de Minas, que se encontram em atraso. No FNDE o foco foi creche para as crianças e famílias patenses.

Já com os parlamentares, o prefeito eleito levou uma série de demandas urgentes da cidade, que sendo protocoladas ainda em 2020, poderão ter sua aplicação no próximo ano.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.