Falcão discute com manifestantes na frente da prefeitura

Prefeito de Patos de Minas diz que age para salvar vidas e que não pode ser culpado pelo fechamento do comércio.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Comerciantes de Patos de Minas protestaram na frente da prefeitura na tarde desta quinta-feira (04/03). Eles pedem a flexibilização das atividades econômicas e criticam o decreto imposto pelo governo de Romeu Zema (NOVO).

O prefeito, Falcão, desceu ao estacionamento e fez um pronunciamento. Ele disse que não acha justo os comerciantes colocarem a culpa toda em cima dele.

Nervoso o prefeito discutiu com manifestantes e citou o decreto do ex-prefeito José Eustáquio (DEM) que fechou o comércio em março de 2020.

“Ano passado eu falei que não fecharia o comércio […] a hora que gente começou a morrer […] eu não tive outra alternativa, se não fechar […] fiscalizar e conscientizar não adiantou” disse Falcão.

Manifestantes também pediram o tratamento precoce. Falcão disse que já disponibiliza os medicamentos na rede pública mas não pode obrigar os médicos a receitarem remédios.

Em determinado momento o prefeito “explodiu de raiva” e foi para dentro da prefeitura, sendo amparado pelos assessores.

Segundo os comerciantes, o lockdown é danoso para a economia e causa o desemprego.

A Polícia Militar foi chamada para garantir a segurança. Depois de cerca de 30 minutos o ato foi encerrado.

Assista a íntegra da live da manifestação:

Leia também: Prefeito diz que ficou insatisfeito com Zema e que pretendia flexibilizar decreto

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.