Falcão cita aglomerações nas cidades vizinhas e faz apelo a prefeitos

Hospital de Campanha quase que dobrou leitos de UTI, mas ainda segue no limite.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O prefeito de Patos de Minas, Luís Eduardo Falcão (PODEMOS), publicou na manhã desta segunda-feira (15/02) um vídeo nas redes sociais onde faz um apelo aos moradores e aos prefeitos do Alto do Paranaíba e Noroeste de Minas Gerais. Ele informa que na última semana praticamente dobrou os leitos de UTI do Hospital de Campanha e mesmo com maior capacidade, os leitos estão praticamente lotados.

Falcão também disse que o Hospital de Campanha passou para 46 vagas, sendo que 38 destas vagas estão ocupadas: 16 pacientes em UTIs, sete em leitos intermediários (suporte ventilatório) e 15 em leitos clínicos. “Infelizmente, em poucos dias, está tudo praticamente lotado”, ressaltou.

O prefeito ressaltou que durante o fim de semana, a fiscalização da Prefeitura de Patos de Minas trabalhou com rigor para coibir as aglomerações e a venda ilegal de bebidas alcóolicas. Ele ressaltou que as medidas foram adotadas por cidades da região, como Patrocínio e São Gonçalo do Abaeté.

“Infelizmente tenho recebido vídeos de aglomerações em outras cidades, o que dificulta o trabalho, já que Patos (de Minas) tem que atender toda região”, ressaltou. Ele pede para o prefeito e moradores para evitar aglomeração e tomar cuidado, pois a união é fundamental neste momento. “A situação é muito crítica e com a colaboração de todos e o bom senso de todos, nós vamos sair mais fortes”, finalizou.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.