Fachin concede prisão domiciliar a Roberta Funaro, presa na Operação Patmos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu a prisão domiciliar a Roberta Funaro, irmã de Lúcio Funaro, analista financeiro que atuava, segundo o Ministério Público Federal (MPF), como operador do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Roberta foi presa preventivamente nodia 18 de maio, no âmbito da Operação Patmos, após Fachin acolher pedido da Procuradoria-Geral da República, como desdobramento da delação premiada de Joesley Batista. Ela foi filmada pela Polícia Federal recebendo de um dos executivos do grupo J&F, Ricardo Saud, uma mala com R$ 400 mil em espécie. A quantia teria como objetivo comprar o silêncio de Funaro, preso em Curitiba no âmbito da Lava Jato.

Ao autorizar a prisão, Fachin afirmou que haveria um claro risco de que ela voltasse a cometer crimes. Nesta quarta-feira, no entanto, o ministro disse ter sido informado somente posteriormente, pela defesa, que investigada está com a mãe hospitalizada e tem uma filha de 3 anos, as quais necessitam de seus cuidados constantes.

“Como sabido, novel legislação permite a possibilidade de substituição da prisão preventiva por prisão domiciliar, quando o agente for, nos exatos termos dos acréscimos determinados pela Lei 13.257/2016, mulher com filho de até 12 anos de idade incompletos”, escreveu Fachin no despacho em que autorizou a prisão domiciliar.

No âmbito das medidas restritivas de liberdade, Roberta Funaro não poderá sair de casa sem autorização judicial, deverá entregar seu passaporte e usará uma tornozeleira eletrônica.

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.