Ex usa o carro para tentar matar jovem de 27 anos em Uberlândia

A vítima sofreu ferimentos e foi socorrida pelos Bombeiros. Ela não corre risco de vida.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Na noite de ontem, quinta-feira (03/11), a PM tomou conhecimento de um atropelamento no Bairro Jardim das Palmeiras em Uberlândia.

Segundo informações o veículo envolvido no fato seria um GM/Celta, de cor prata. O condutor atropelou uma mulher e em seguida fugiu.

Quando os militares compareceram ao local descobriram que não se tratava de um acidente, mas sim de uma tentativa de homicídio, já que teria sido intencional.

Testemunhas relataram que a vítima, uma jovem de 27 anos, se encontravam em via pública, ocupando a calçada de frente a residência, quando o indivíduo de 32 anos, ex-companheiro dela, conduzindo o veículo passou pelo local.

Posteriormente, após realizar o retorno, acelerou o veículo em direção à vítima que se encontrava sentada na calçada, rente ao paralelepípedo, chegando a subir com o veículo na calçada, acertando a vítima, jogando-a contra o muro da residência, ficando a mesma prensada entre o automóvel e o muro.

O homem após retirar o automóvel do local, tentou jogá-lo novamente contra a vítima, sendo impedido pelas testemunhas que ali se encontravam. Em seguida fugiu do local. Durante rastreamentos, o veículo foi localizado na residência da vizinha do suspeito.

Ao ser realizada a busca veicular, foi localizado ao lado da porta do motorista uma barra de cano de ferro e um facão.

A vítima fora socorrida pelo Corpo de Bombeiros até a unidade de saúde do bairro Planalto.

Até essa tarde (04), o suspeito ainda não havia sido preso. Quem tiver informações a cerca deste fato pode denunciar através do 181 (Disque Denúncia Unificado) ou ainda pelo 190 (Polícia Militar).

Informações: Polícia Militar de Uberlândia

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS