Ex-PM é preso suspeito de homicídio e latrocínio

Crimes aconteceram em 2003 e 2009. Ele negou a autoria dos crimes.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Polícia Civil concedeu coletiva de imprensa na sexta-feira (13/12).
Foto: Divulgação (Polícia Civil/PCMG)

Um ex-policial militar, de 55 anos, foi preso preventivamente por suspeita de latrocínio e homicídio. Os crimes aconteceram nos anos de 2003 e 2009 em Montes Claros.

De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Civil, o ex-PM foi condenado a 31 anos de prisão pelos crimes de latrocínio e ocultação de cadáver em 2003. O delegado, que está a frente das investigações, Wagner Sales disse: “A motivação era a cobiça dos bens alheios. O suspeito criava uma relação de amizade com a vítima, fazia negócios referentes a veículos e imóveis para conseguir auferir vantagem e, posteriormente, ele ‘abatia’ a vítima”.

Ainda segundo a Polícia Civil, o ex-militar também foi condenado, a 14 anos, pelo homicídio de um despachante em 2009. O corpo da vítima ainda não foi encontrado.

O ex-PM cumpria prisão domiciliar em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Ele foi preso preventivamente na quinta-feira (12/12). Ele foi expulso da Polícia Militar em 2018 após um processo de afastamento.

Durante a entrevista coletiva à imprensa da capital, o ex-policial militar negou a autoria dos crimes e disse que está tranquilo. Ainda informou que está recorrendo da decisão que o tirou da Polícia Militar.

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.