EUA dizem que seria "trágico" perder oportunidade de cúpula com Coreia

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, afirmou hoje (31) que seria “trágico” perder a oportunidade de realizar uma cúpula entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte e garantiu que as negociações para isso vão na “direção correta”.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, fala sobre novas sanções econômicas para frear interferência militar do Irã no Oriente Médio.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo (Jonathan Ernst/Reuters/Direitos Reservados)

Pompeo fez as declarações depois de se reunir, em Nova York, com o dirigente norte-coreano Kim Yong-chol com o objetivo de alcançar as condições que permitam a realização da cúpula entre as duas nações. “Fizemos um progresso real nas últimas 72 horas para fixar as condições”, destacou Pompeo.

O chefe da diplomacia americana confirmou que Kim, vice-presidente do Comitê Central do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte, viajará a Washington para levar ao presidente Donald Trump uma carta pessoal do líder norte-coreano, Kim Jong-un.

Em entrevista coletiva, em um hotel desta cidade e com a sala repleta de jornalistas, Pompeo disse que a relação entre os dois países se encontra em um momento “crucial” perante a possibilidade da cúpula entre Trump e Kim.

A cúpula foi convocada inicialmente para o dia 12 de junho, em Cingapura, mas Trump anunciou, na semana passada, que havia cancelado a reunião, incomodado por algumas críticas vindas de Pyongyang.

No entanto, já no dia seguinte, o presidente americano deixou aberta a porta para que a cúpula seja realizada na mesma data ou em outra diferente.

“Não poderia ser menos que trágico que se perdesse esta oportunidade”, afirmou Pompeo.

Segundo o chefe da diplomacia americana, a cúpula entre Trump e Kim é uma oportunidade “única” para conseguir uma era de “paz, prosperidade e segurança”. Pompeo destacou o esforço efetuado em diferentes frentes para conseguir que a reunião finalmente se concretize.

“Estou confiante de que estamos nos movendo na direção correta”, concluiu Pompeo sobre seus contatos com Kim Yong-chol, considerado o braço direito do líder norte-coreano. 

FONTE: Agência Brasil

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.