Estudo da UnB sugere demolição completa de viaduto que desabou em Brasília

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Após quase um mês depois do desabamento de uma parte do viaduto da Galeria dos Estados, na área central da capital federal, o Departamento de Engenharia Civil e Ambiental de Tecnologia (FT), da Universidade de Brasília (UnB), concluiu que a causa do desmoronamento parcial da estrutura do viaduto foi a infiltração, que acabou ocasionando o desgaste do aço.

Brasília - Professor Marcos Honorato de Oliveira, do departamento de engenharia civil e ambiental da UnB, divulga relatório técnico sobre o colapso e desabamento parcial do viaduto do Eixo Rodoviário sobre a Galeria

Grupo da UnB divulga relatório técnico sobre colapso e desabamento parcial de viaduto da Galeria dos Estados.Valter Campanato/Agência Brasil

O estudo foi baseado em caracterização dos materiais (concreto e aço) do viaduto, uma simulação numérica computacional do comportamento da estrutura e a aplicação de um modelo de deterioração, que apresentou um grau de degradação elevado.

Apesar de não ser a única opção para restaurar a estrutura, o posicionamento final da comissão e o resultado dos estudos apontam que a demolição completa do viaduto, de toda a extensão é o mais indicado.

“Nós sugerimos a demolição dos elementos estruturais, pilares e lajes do viaduto sobre a Galeria dos Estados”, disse Marcos Honorato, professor do departamento de Engenharia Civil e Ambiental de Tecnologia e membro do grupo responsável pela análise.

De acordo o membro, o acidente poderia ter sido evitado caso tivesse tido a atenção necessária antes, contando com a impermeabilização das fissuras existentes e a restauração de todas as patologias diagnosticadas.

* Estagiária sob supervisão do editor Davi Oliveira

FONTE: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.