Estudantes da Unifesp ocupam prédio do escritório da Presidência em SP

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Estudantes da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) ocuparam hoje (26) à tarde o prédio onde está localizado o escritório da Presidência da República em São Paulo, na Avenida Paulista. A ocupação começou por volta das 17h e, às 21h, os estudantes ainda estavam no local.

A Polícia Militar informou que negocia com o grupo a desocupação do prédio.

A ocupação, segundo os manifestantes, ocorre em protesto contra o “desmonte da educação pública”.

Pelo Facebook, o movimento Ocupa Unifesp divulgou um manifesto em defesa da universidade pública, contra os cortes na educação e pedindo mais recursos para a área.

“Em abril a educação recebeu um corte de R$ 4 bilhões. E a Universidade Federal de São Paulo recebeu até então apenas 48% da sua verba prevista. Para 2018 estão previstos mais cortes, sobretudo nas bolsas, ou a impossibilidade de funcionamento da instituição. Este é um problema recorrente no país inteiro, de universidades com deficit de orçamento de até 100 milhões”, criticam os estudantes.

De acordo com o movimento, as universidades sofrem com paralisação de obras, falta de materiais, cortes em moradia estudantil, demissão dos trabalhadores terceirizados, sobrecarga dos técnicos administrativos e falta de professores.


Problemas em visualizar essa matéria? Clique aqui e confira a íntegra.


Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Para denunciar um comentário ofensivo clique na bandeira vermelha.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.