Estudante de Rio Paranaíba tem o melhor desempenho do país na Obmep 2017

O estudante foi o melhor colocado no Nível 1 que engloba alunos dos 6º e 7º anos do ensino fundamental.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Mateus Mundstock Mendes de Carvalho, de Rio Paranaíba, é o aluno melhor colocado em todo país no nível 1 (6º e 7º anos do ensino fundamental).
Foto: Divulgação

Mais uma vez, os estudantes mineiros colocaram o estado no lugar mais alto do pódio da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Púbicas (Obmep) 2017. Minas Gerais é o estado com o maior número de medalhas na Obmep, entre as escolas públicas. Esta é a 11ª vez consecutiva que Minas Gerais fica em primeiro lugar em número de alunos medalhistas.Ao todo, foram 1.448 medalhas, sendo 119 de ouro, 381 de prata e 948 de bronze. O segundo estado com mais premiações é São Paulo, com 94 de ouro, 274 de prata, 914 de bronze.

No nível 1, para alunos do 6º e 7º anos do Ensino Fundamental, o melhor colocado em todo país é da rede estadual de ensino de Minas Gerais. Mateus Mundstock Mendes de Carvalho é aluno do 7º ano da Escola Estadual Dr. Adiron Gonçalves Boaventura, no município de Rio Paranaíba.  O estudante conquistou esse ano sua segunda medalha de ouro e atribui isso à sua facilidade em resolver questões que envolvem raciocínio lógico. “Eu sou bom em raciocínio lógico, o que me ajudou bastante nas provas. Para a Obmep, costumo estudar pouco, porque na minha opinião não é uma prova que precisa ficar horas estudando. As questões são mais de interpretação”, conta.

- Continua depois da publicidade -

Quando faturou sua primeira medalha, em 2016, Mateus recebeu a premiação em uma cerimônia realizada no Rio de Janeiro, o que fez com que o estudante percebesse a abrangência da competição. Ontem (22/11), quando saiu a lista dos premiados, ver seu nome como o primeiro da lista dos medalhistas de ouro o deixou sem palavras. “Eu achei incrível. Depois que fiz a viagem para o Rio de Janeiro e vi aquele mundo de gente percebi ainda mais a grandiosidade da Obmep. Não consigo nem descrever o quanto estou feliz agora”, conclui.

Este ano, a Obmep distribuiu 500 medalhas de ouro, 1.500 de prata e 4.506 de bronze – em decorrência de empate – e 38,6 mil menções honrosas. Os alunos de escolas particulares receberão 76 medalhas de ouro, 227 de prata, 682 de bronze e 5,7 mil menções honrosas.

A 13ª edição da Obmep contou com a participação de 53.231 escolas de todo o país, de 99,6% dos municípios brasileiros. Dos 18,2 milhões de estudantes inscritos, 941 mil foram classificados para a segunda fase da competição – 903 mil de escolas públicas e 38 mil de particulares.

Entrevista: Sirlei Helena – Diretora da Escola

O Triângulo Notícias conversou no final da tarde com a diretora da E.E. Dr. Adiron Gonçalves Boaventura, Profª Sirlei Helena, que destacou o orgulho sentido pelo Matheus. “Foi uma grande surpresa e somos gratos pelo apoio da sociedade que sempre acreditou no potencial de nossa escola” declarou ela. 

Confira a entrevista na íntegra:

Confira aqui a lista dos alunos medalhistas na Obmep 2017.

Menções honrosas

Os estudantes de escolas públicas mineiras também se destacaram no número de menções honrosas. Ao todo, foram conquistadas 7.999 menções honrosas.

Professores e Escolas premiados

Na Obmep, professores e escolas também concorrem a prêmios, de acordo com o desempenho dos alunos. Em Minas Gerais, foram premiados 19 professores de escolas públicas. Destes, 16 são de escolas da rede estadual de ensino, dois de escolas municipais e um de escola da rede federal.

Confira aqui a lista de professores premiados.

Já com relação a escolas, Minas Gerais conta com 28 premiadas: 19 estaduais e 09 municipais.

ASCOM – SEE MG

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -