Escola de Patos de Minas suspende atividades após infecção pela COVID-19

Servidora da escola estatual do Bairro Jardim Itamaraty testou positivo à doença.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

As atividades da Escola Estadual Paulina de Melo Porto, situada no Bairro Jardim Itamaraty, foram suspensas após a constatação de um caso de COVID-19 de uma auxiliar de serviços de educação básica (ASB). O comunicado foi feito na manhã deste sábado (03/07) pela diretora e confirmado pelo superintendente regional de ensino.

Uma mãe de um aluno disse que logo pela manhã foi divulgado nos grupos de Whatsapp da escola a seguinte mensagem:

Bom dia comunidade escolar!

Comunico a comunidade escolar que na próxima semana a EE. Prof. Paulina de Melo Porto encontra-se fechada.

Tivemos a constatação de um caso de COVID 19 de uma servidora (ASB do turno da manhã), no final da tarde ontem.
Em cumprimento ao protocolo sanitário, imediatamente a escola informou a SEE por meio do sistema de monitoramento, as chefias imediatas (inspeção e Superintendente) a confirmação do caso e reportamos as autoridades.
Estávamos aguardando um posicionamento da SRE PATOS DE MINAS e SEE para pudéssemos comunicar o fechamento da EE. Professora Paulina de Melo Porto na próxima semana.

Caso o aluno tenha participado das atividades presenciais nesta semana e apresente algum sintoma da Covid 19, deverá procurar atendimento médico e comunicar a escola.

Posteriormente, serão repassadas orientações e comunicados

Esperamos com fé, que possamos passar por esse momento tão complicado e único em nossas vidas com a esperança de que dias melhores ainda virão.

Nayara Fonseca
Diretora da EE Prof Paulina de Melo Porto

A mensagem foi encaminhada para a redação do Patos Notícias que entrou em contato com o superintendente regional de ensino, Carlos Coimbra, e confirmou a situação.

Carlos Coimbra disse ainda que a servidora estava trabalhando, mas que provavelmente não se contaminou na escola. De imediato, a superintendência decidiu suspender as aulas durante a semana para ver se mais alguém foi contaminado. Se houver confirmação, será suspensa por mais 14 dias.

O superintendente disse ainda que as atividades vão continuar de forma remota e que a escola passará por dedetização. Caso não apareça mais nenhum infectado durante estes sete dias, a escola retornará as atividades.

As aulas de 1º ao 5º ano começaram na última segunda-feira (28/06) de forma híbrida. Todas as escolas da rede estadual foram adaptadas para o retorno às atividades presenciais e seguem protocolos rigorosos para o retorno dos alunos a sala de aula.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.