Equador evacua ilhas Galápagos por alerta de tsunami após tremor no México

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O governo equatoriano ordenou a evacuação de quatro ilhas em Galápagos, incluindo a maior do arquipélago, Isabela, devido a um alerta de tsunami após o terremoto ocorrido no sul do México, que também foi sentido em países da América Central. As informações são da agência EFE.

A Secretaria Nacional de Comunicação (Secom) informou que, devido à força do tremor no México, o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, com sede no Havaí, emitiu um alerta de tsunami para México, Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Nicarágua, Panamá, Honduras e Equador.

O Centro de Operações de Emergência do Equador ordenou a evacuação das populações das ilhas São Cristóbal, Isabela, Santa Cruz e Floreana e determinou pontos de reunião e albergues afastados do litoral.

No caso da ilha Isabela, a maior do arquipélago, haverá evacuação total pela sua situação de impacto do tsunami.

Segundo a Secom, nas quatro ilhas o processo previsto de evacuação ocorreu “sem novidades”.

As ilhas Galápagos estão situadas a aproximadamente mil quilômetros do litoral do Equador e são um dos pontos turísticos mais importantes da nação andina.

A secretária de Riscos, Alexandra Ocles, confirmou que em um primeiro momento do fenômeno, foram registradas ondas irregulares em Galápagos.

“Não existem registros de danos ou perdas humanas”, apontou a Secom.

Edição:

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.