Entrega Fatal: Bandidos armam tocaia e descarregam arma em mototaxista

A vítima de 33 anos, natural de Patos de Minas, morreu no local. O crime foi presenciado pela esposa e pelo filho de sete anos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um mototaxista foi morto na última sexta-feira (28/09) em uma estrada vicinal de Uberlândia. De acordo com a Polícia Militar, os autores estavam em uma motocicleta, emparelharam com o veículo da vítima e efetuaram os disparos.

Marcos Fernandes de Sousa de 33 anos foi encontrado já em óbito no interior do automóvel. A execução foi presenciada pela esposa, que também estava com o filho do casal, um menino de sete anos de idade.

- Continua depois da publicidade -

Segundo o boletim de ocorrência da PM, a mulher relatou que seu esposo estava tendo atritos verbais e ameaças por parte de um cidadão que trabalha junto com ele em um Moto Taxi no terminal do Bairro Planalto. Horas antes do crime a vítima recebeu uma ligação de um cliente, o qual mora nas Chácaras Douradinho. Esse indivíduo a chamou para ir até sua residência. A mulher não soube informar o motivo de tal solicitação.

Os três foram até o respectivo endereço e no meio do caminho foram surpreendidos pelos autores, que supostamente já haviam preparado uma espécie de tocaia.

De acordo com a testemunha, o garupa da moto sacou uma arma de fogo e disparou varias vezes contra seu esposo. Os bandidos saíram do local, mas retornaram instantes depois, e descarregaram a arma na vítima, foram cerca de dez disparos.

Os policiais foram até a residência do suposto “cliente” do mototaxista e o homem já chegou dizendo que “não acreditava que marquinhos tinha morrido”, sendo que os PMs nem tinham comentado sobre o homicídio, o que levantou suspeitas quando a participação deste indivíduo.

Em diálogo, o suspeito disse que um rapaz desconhecido teria pedido para ele ligar para Marcos e solicitar a entrega de pedras de crack. Ressaltou que não sabia que aquilo poderia ter sido uma armadilha, negando participação no crime.

Diante dos fatos, o suspeito de 36 anos, foi conduzido preso até a delegacia de plantão. Além disso, foram apreendidas dez pedras de crack dentro do console do carro da vítima. O caso será apurado pela Polícia Civil.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -