Cheia do Rio Paranaíba 

147 famílias deixaram suas casas devido a enchente em Patos de Minas

Balanço mais recente foi divulgado nesta segunda-feira (14/02) pela prefeitura. Nível do Rio Paranaíba está diminuindo.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Bairros Jardim Paulistano e Vila Rosa no domingo (13/02). Foto: (Divulgação/Corpo de Bombeiros).

A medição mais recente do Rio Paranaíba, na manhã desta segunda-feira (14/02), apontava 11,17 metros acima do normal. A Ponte do Arco foi liberada no domingo (13). Com a diminuição do volume de chuva no município e na região a água baixa gradativamente.

Desde 8 de fevereiro de 2022 (terça-feira), Patos de Minas enfrenta a segunda enchente do Rio Paranaíba. Dados mais recentes, atualizados às 10h de segunda-feira (14/02), apontam que:

– 119 famílias estão desalojadas, sendo 256 adultos e 59 crianças;

– 28 famílias não tinham para onde ir e foram para abrigos, sendo 61 adultos e 4 crianças.

Famílias dos bairros Nossa Senhora Aparecida, Jardim Paulistano, Vila Rosa, Santa Luzia, Santa Terezinha e São José Operário tiveram que deixar as casas devido a alagamentos. A prefeitura, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Polícia Militar, em conjunto com voluntários e iniciativa privada, ajudaram na remoção.

Atualmente são cerca de cinco abrigos temporários em funcionamento. Quem precisar de ajudar ou desejar fazer doações, deve ligar para o telefone: (34) 3822-9740. Emergências, incluindo risco de deslizamento e de desmoronamento, ligar para 193 (Corpo de Bombeiros) ou 199 (Defesa Civil).

TRÂNSITO

A situação da BR-365 deve ser consultada em outra página do Patos Notícias, clique aqui e acesse.

Interditadas Totalmente

– Ponte do Bigode, sobre o Rio Paranaíba;

– Final da Rua Rio Grande do Sul, entre os bairros São José Operário e Nossa Senhora Aparecida;

– Rua Vereador João Pacheco, entre os bairros Cristo Redentor e Jardim Paulistano;

– Avenida Vitória, no bairro Santa Terezinha;

– Final da Rua Florianópolis, no bairro São José Operário;

Recém Liberadas

– Ponte do Arco sobre o Rio Paranaíba;

– Ponte do Ribeirão da Cota, próximo ao Aterro Sanitário.

PUNIÇÃO: Transpor bloqueio viário, com ou sem sinalização, é infração grave, prevista no Artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro. O condutor flagrado cometendo essa irregularidade recebe multa de R$ 195,23 e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

VÍDEOS

FOTOS

As imagens a seguir foram capturadas na sexta-feira (11).

KM 427 da BR-365:

 

Ponte do Arco:

Jardim Paulistano:

Vila Rosa:

Fundos do Vila Rosa:

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.