Enare: inscrições do processo seletivo estão abertas; saiba mais

São 405 vagas disponíveis; provas serão aplicadas em janeiro de 2021
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

As inscrições para a primeira edição do Exame Nacional de Residência Ebserh (Enare) 2020/2021, voltado para residências médicas, uni e multiprofissionais, já estão abertas. Médicos, estudantes de medicina que estejam no último semestre do curso e demais profissionais da área de saúde podem se inscrever até o dia 14 de dezembro, no site do programa. Desde ontem, 24 horas após a abertura das inscrições, o Ministério da Educação (MEC) registrou mais de 1,8 mil inscritos.

A duração mínima das residências é de dois anos e entre os cursos que podem participar estão: Fisioterapia, Enfermagem, Psicologia, Fonoaudiologia e Biomedicina, dentre outros.

Estão sendo oferecidas 304 vagas em 41 especialidades na área de residência médica, 8 vagas para residência uniprofissional e 93 vagas para residência multiprofissional. A taxa de inscrição tem um valor de R$ 280 para todas as especialidades médicas e R$ 190 para as demais profissões da área de saúde.

As provas serão aplicadas em 10 de janeiro de 2021, em todas as capitais brasileiras e nas cidades de Araguaína (TO), São Carlos (SP) e Lagarto (SE). Os selecionados na parte objetiva passam para segunda etapa que é a análise curricular. Atualmente, o Enare possui parceria com oito hospitais universitários federais e um hospital militar.

Os candidatos que não tiveram condições de pagar o boleto do Enare poderão conseguir isenção entre os dias 23 e 26 de novembro. O benefício pode ser solicitado por quem se enquadra nos seguintes casos:

  • A taxa de inscrição for superior a 30% do salário mensal do candidato, quando não tiver dependente;
  • A taxa for superior a 20% do salário mensal do candidato, quando tiver até dois dependentes;
  • A taxa for superior a 10% do salário mensal do candidato, quando tiver mais de dois dependentes;
  • O candidato que comprovar renda familiar mensal igual ou inferior a três salários-mínimos ou renda individual igual ou inferior a dois salários-mínimos;
  • O candidato que for inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e comprovar ser membro de família de baixa renda.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.