Empresário luso-brasileiro, acusado na Lava Jato, é solto em Lisboa

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O empresário luso-brasileiro Raul Schmidt, alvo de um processo de extradição para o Brasil no âmbito da operação Lava Jato, foi posto em liberdade ontem (15) pelo Tribunal da Relação de Lisboa. As informações são da Agência Lusa.

“O cidadão português de origem Raul Schmidt Filipe Júnior foi hoje posto em liberdade, na sequência de incidente suscitado pela sua defesa, com vista a que os tribunais portugueses não executem a sua extradição para o Brasil sem antes apreciarem e decidirem se, enquanto nacional português de origem, o mesmo pode ser extraditado para aquele país, que não extradita brasileiros de origem”, diz comunicado da defesa de Schmidt.

Para os advogados do empresário, ele não pode ser extraditado por ter nacionalidade portuguesa de nascimento (nasceu neto de portugueses). Ainda de acordo com a defesa, Schmidt aguardará “serenamente em sua casa, em Lisboa, juntamente com a sua família”, que os tribunais portugueses apreciem a questão.

De acordo com a imprensa local, apesar de ter sido posto em liberdade, Schmidt teve seu passaporte apreendido e terá de se apresentar duas vezes por semana às autoridades portuguesas.

Na 13.ª Vara Federal da Justiça Federal, em Curitiba, há dois processos contra Schmidt por corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Edição: Augusto Queiroz

FONTE: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.