Eleições: sobe para 1.285 numero de urnas eletrônicas com defeito

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atualizou, há pouco, para 1.285 o número de urnas eletrônicas que apresentaram defeito e precisaram ser substituídas em todo o país até as 16h. O número representa 0,025%  do total de urnas utilizadas no pleito deste ano. Uma cidade, Três Coroas, no Rio Grande do Sul, passou a adotar a votação manual, segundo informações do tribunal.

Os estados que tiveram maior número de urnas com defeito foram Minas Gerais (366), Rio de Janeiro (138), Pernambuco (134), São Paulo (115), Sergipe (60), Rio Grande do Sul  (57) e Tocantins (34).  

- Continua depois da publicidade -

A Justiça Eleitoral também registrou a prisão de dois candidatos: um em São Paulo, por propaganda eleitoral, que é proibida no dia da eleição; outro no Rio Grande do Sul, por fazer boca de urna. Ao todo 146 pessoas foram presas até o momento.

Acompanhe ao vivo a apuração do primeiro turno das eleições pela Agência Brasil

A votação se encerrou às 17h, conforme horário local de cada região. São 147.302.357 brasileiros aptos a escolher o presidente da República, os governadores de 26 estados e do Distrito Federal, 54 senadores, 513 deputados federais, 1.035 deputados estaduais e 24 deputados distritais.

 

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -