Eleições 2020: Saiba como denunciar disparos em massa no WhatsApp

O Tribunal Superior Eleitoral disponibilizou plataforma para receber denúncias.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

As eleições municipais, assim como o pleito de 2018, ocorrem na era das fake news (notícias falsas). Por esse motivo, os eleitores devem ficar atentos para não acreditar em informações inverídicas e principalmente não propagar esse tipo de conteúdo.

O WhatsApp, aplicativo de mensagens instantâneas, é a principal rede social utilizada para disseminar esse tipo de conteúdo.

Recentemente, o Facebook anunciou a redução no número de encaminhamentos. Antes você podia reenviar a mensagem para até 20 contatos ou grupos, agora esse número caiu para cinco. Outra mudança foi o indicador de “duas setinhas” em cima da mensagem que mostra que aquele texto foi enviado em massa.

A utilização de métodos artificiais, ou seja robôs, é ilegal e vai contra os termos de uso do WhatsApp. Pensando em combater esse tipo de envio e principalmente a propagação de fake news, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) criou uma plataforma para receber denúncias. Veja a seguir como denunciar:

  1. Acesse: https://denuncia-whatsapp.tse.jus.br/dew/rest/denuncia/;
  2. Preencha com suas informações pessoais: nome, e-mail, telefone, cidade/estado;
  3. Indique a data de recebimento da mensagem e o número de WhatsApp que mandou o conteúdo;
  4. Você deve indicar se o conteúdo faz referência as eleições e relatar do que se trata a mensagem;
  5. Depois basta clicar em “ENVIAR”.

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.