Dólar fecha no menor valor em mais de um mês após nova investigação da JBS

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Dólar fecha em alta

Cotação ficou em R$ 3,119  Arquivo/Agência Brasil

No dia seguinte à abertura de investigação contra os delatores do grupo J&F, controladores da empresa JBS, a moeda norte-americana caiu e fechou no menor valor em mais de um mês. O dólar comercial fechou esta terça-feira (5) vendido a R$ 3,119, na menor cotação desde 3 de agosto (R$ 3,114).

A Bolsa de Valores de São Paulo não acompanhou o desempenho. O Ibovespa, índice da Bolsa de Valores, começou o dia em forte alta. De manhã, chegou a passar de 73 mil pontos, mas reverteu a tendência e fechou a sessão praticamente estável, aos 72.151 pontos, com variação positiva de apenas 0,03%.

Após o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, abrir investigação para apurar omissão de informações no acordo de delação premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista, as ações da JBS (controlada pelo grupo J&F) despencaram 8,28%. Foi a maior queda do dia.

Em contrapartida, as ações da Eletrobras, cuja desestatização está em estudo, tiveram a maior alta. Os papéis ordinários (com direito a voto em assembleia de acionistas) da companhia saltaram 4,39%, para R$ 18,80. As ações preferenciais (com prioridade na distribuição de dividendos) valorizaram-se 2,63%, fechando em R$ 21,50.

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.