Dois jovens suspeitos de estarem traficando drogas em Forró de São Gotardo são presos pela PM

Eles foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil em Patos de Minas, onde foram autuados.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação

A Polícia Militar atendeu uma ocorrência na noite de ontem, sábado (10). Após receber denúncia anônima de que dois indivíduos estariam escondendo drogas em um lote vago, próximo ao salão de eventos localizado na Rua João Gomes Filho no bairro Alto Bela Vista, onde estava acontecendo um forró, as guarnições deslocaram até o local e depararam com dois indivíduos em atitude suspeita, sendo que, ao abordá-los, encontraram com Guilherme Muniz de 22 anos, um comprimido do tipo cápsula, na cor preta, escondido dentro de sua meia.

Próximo a Deivison Silva de 20 anos, encontraram mais três comprimidos enrolados em um pedaço de sacola de cor branca, sendo um de cor preta e dois nas cores vermelha e amarela. Os comprimidos aparentavam estar violados e estavam sujos na parte externa com um pó de cor branca. Ao abrir os comprimidos verificaram a existência de substância semelhante à cocaína. Questionados  ambos disseram que os comprimidos que estavam no chão, próximo a Deivison, eram deles e se tratava de cocaína, e que teriam pago a quantia de R$50,00 reais por cinco comprimidos e que já haviam consumido um deles.

Posteriormente, quando da condução, mudaram a versão dos fatos, passando a dizer que os comprimidos de cor preta eram “cafeína” e os comprimidos de cor vermelha/amarela eram “Cimegripe”, e que posteriormente seriam misturados a cocaína. Eles negaram estar comercializando as drogas e foram presos em flagrante delito e a droga apreendida, sendo conduzidos para a delegacia de plantão de plantão em Patos de Minas, para autuação.

Informações: 216ª CIA da Polícia Militar – São Gotardo

Matéria em Atualização

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS