Dicas para cuidar da sua cicatriz

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Brasil é líder mundial no ranking de cirurgias plásticas. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, são feitas nacionalmente aproximadamente 1.5 milhões de cirurgias ao ano.

Apesar do alto número, nem sempre uma cirurgia plástica acontece apenas por questões de vaidade, mas sim com o propósito de aumentar o bem-estar do paciente ou até mesmo de devolver a funcionalidade de determinada região – é o caso, por exemplo, das cirurgias para fissuras labiopalatinas.

Qualquer procedimento cirúrgico que envolva cortes e incisões deixará cicatrizes e isso não é diferente nos casos das cirurgias de anomalias craniofaciais. Ainda que mínimas, em alguns casos, as cicatrizes estarão lá e seus aspectos dependem não somente das técnicas médicas de fechamento, mas também de bons hábitos dos pacientes.

Cuidados para que as cicatrizes fiquem com um bom aspecto

Na fase de cicatrização inicial é fundamental atentar-se à limpeza da ferida operatória, removendo delicadamente crostas com soro ou água oxigenada volume 10 – siga a orientação médica.

Em um segundo momento, o paciente deve ter cuidado com os curativos. Materiais que fazem pressão na região podem impedir a formação de quelóides e de cicatrizes hipertróficas (ligeiramente mais altas). O ideal é conversar com o seu médico para entender a melhor forma de manejo nessa etapa de compressão.

Por último, a depender da área, cirurgia e, novamente, da orientação médica, pode-se utilizar cremes ou pomadas cicatrizantes. Cada paciente é único e responde de forma diferente aos medicamentos, por isso, nada de pegar recomendações milagrosas com os amigos.

O processo de cicatrização é individual e envolve inclusive características genéticas, mas, a abordagem no momento ideal e com as técnicas adequadas pode ajudar a obter uma melhora no aspecto geral da região.

Outras alternativas para melhora das cicatrizes:

Massagem relaxa os músculos, ativa a circulação e remove células mortas;

Utilize as propriedades naturais de  opções como aloe vera, manteiga de cacau, entre outras;

Utiliza tatuagens para melhorar o aspecto da região, em alguns casos, pacientes com fissuras labiopalatinas recorrem a este método na região dos lábios;

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.