Detento é morto enforcado com lençol em Patrocínio-MG

Um outro presidiário confessou o crime e disse que agiu devido a um suposto abuso sexual cometido pela vítima contra sua filha.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um homem de 39 anos que estava preso na Penitenciária Expedito de Faria Tavares foi morto na última terça-feira (19) em Patrocínio.

De acordo com informações da Polícia Militar, os agentes penitenciários encontraram a vítima, Izaías S. A. , já sem os sinais vitais. Um homem de 41 anos confessou o crime e disse que no dia anterior foi para a cela da vítima e durante a madrugada cometeu o homicídio.

O suspeito afirmou, conforme boletim de ocorrência, que deu um golpe de “mata leão” e em seguida usou um lençol para enforcar a vítima até a morte.

A respeito da motivação o homem afirmou que a vítima teria abusado de sua filha. Os militares compareceram ao local e colheram as informações. O suspeito continua preso.

O homicídio deverá ser investigado pela Polícia Civil e o sistema pressional também pode instaurar processo interno para apurar as circunstâncias do ocorrido.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS