Desentendimento por causa de curral acaba em morte

O homicídio foi registrado na última quarta-feira em Rio Paranaíba. Nenhum suspeito foi preso até o momento.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
tiro homicídio morte
Vítima foi atingida por cerca de três disparos de arma de fogo.
Foto: Ilustrativa

Um homem de 40 anos foi morto a tiros após ser espancado na Fazenda Sobrado, zona rural de Rio Paranaíba. O crime aconteceu na tarde da última quarta-feira (08/05) e teria sido motivado por um desentendimento por causa da passagem de uma colheitadeira por um curral.

Segundo informações da Polícia Militar, a esposa da vítima relatou que ela e seu marido eram caseiros na fazenda onde ocorreu o fato, e que por volta das 16:20 quatro indivíduos chegaram conduzindo uma colheitadeira, um caminhão e outro veículo.

- Continua depois da publicidade -

Os homens teriam que passar por duas porteiras para chegar até uma plantação de milho, porem o acesso era estreito e a via passa dentro de um curral na propriedade onde a vítima trabalhava. Segundo a testemunha, sem permissão, os indivíduos arrancaram um mourão da primeira porteira e acessaram o curral, tendo o caseiro questionado sobre a atitude.

A vítima teria se apossado de um facão e batido com a lamina na perna de um dos indivíduos e disse que não era para arrancar nada, tendo voltado aos seus afazeres

Ainda segundo a esposa, por volta das 17:30 o principal suspeito de cometer o crime, pai de um dos indivíduos, chegou no local, foi até a segunda porteira e disse para o condutor da colheitadeira que passasse por cima de tudo. A vítima foi tirar satisfação, momento em que o homem sacou de uma arma de fogo.

Os dois entraram em luta corporal e os outros indivíduos teriam se armaram com um pedaço de madeira e atacaram a vítima, momento em que o homem efetuou disparos com a arma atingindo a perna e o braço. Em ato continuo ele ainda disparou novamente contra a cabeça da vítima.

A Polícia Militar foi acionada e compareceu no local. A vítima, identificada como Claudinei Martins de Souza de 40 anos, foi socorrida para o Hospital Municipal de Rio Paranaíba, contudo não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

A perícia da Polícia Civil de Patos de Minas procedeu com os trabalhos de praxe que ajudarão na elucidação do crime. O corpo foi removido ao IML (Instituto Médico Local).

Ainda segundo a Polícia Militar, os suspeitos evadiram em uma caminhonete. Foram procedidas diligências pela região, contudo até o fechamento desta edição ninguém havia sido preso.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -