Descubra como é feito o tratamento de água em Patos de Minas

A COPASA abriu suas portas para a reportagem do Patos Notícias.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A COPASA (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) abriu suas portas para a reportagem do Patos Notícias. Acompanhamos todo o processo de tratamento de água desde a captação no bairro Cidade Nova até o tratamento na estação da Rua Dona Luíza. Assista a seguir:

LEIA TAMBÉM: COPASA aumenta em 30% quantidade de água distribuída em Patos de Minas e engenheiro acredita em fim da falta/intermitência

- Continua depois da publicidade -

Em Patos de Minas, depois de captada no Rio Paranaíba, a água chega à Estação de Tratamento (ETA) da Copasa, onde, primeiramente, é realizado o processo de oxidação. Nessa fase, o cloro é adicionado à água com a finalidade de eliminar matéria orgânica. 

A próxima etapa é a coagulação, na qual são adicionados produtos coagulantes capazes de separar os pontos de sujeira. O técnico químico em produção de água, Ricardo Borges, explica que após a coagulação, o processo continua na floculação, com a formação de partículas de sólidos maiores e mais pesados que, nos tanques denominados decantadores, vão para o fundo. A água já clarificada é destinada aos filtros, que são formados por camadas de cascalho, areia e carvão mineral (antracito). Após a filtração a água apresenta uma turbidez (sujeira) imperceptível à visão comum.

Ricardo ressalta que, realizada a filtração, a água recebe a desinfecção com cloro, para prevenir eventual contaminação nas adutoras – canalizações que transportam a água da ETA para os reservatórios e destes para as residências. Neste momento ocorre também a correção do pH da água, que é a adição de produtos para prevenir a obstrução ou corrosão das redes de distribuição. Adicionalmente, a água passa pelo processo de  fluoretação, para a prevenção, controle e, em alguns casos, reversão da cárie dentária. 

Além do processo de tratamento, a Copasa também investe em outras medidas que garantem a qualidade da água. Ricardo Borges explica que, a qualidade da água é verificada durante todo o processo, com coletas de amostras na estação de tratamento e na rede de distribuição (chegada das residências). 

Periodicamente, as equipes técnicas verificam, ainda, as condições das fontes de captação (águas subterrâneas, córregos, lagos, rios e poços). “Nós analisamos a água antes, durante e depois do processo de tratamento, para garantir que os padrões físico-químicos e biológicos determinados como indicadores de potabilidade atendam aos padrões de qualidade ideais e estejam respeitando as determinações dos parâmetros de qualidade, em conformidade com o Anexo XX da Portaria de Consolidação n.º 5 do Ministério da Saúde, de 03 de outubro de 2017”, ressalta Ricardo.

GALERIA DE FOTOS

Veja a seguir imagens da estrutura da COPASA em Patos de Minas, estação de captação e de tratamento de água:

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -