Patos de Minas 

Demora e risco de contágio pela COVID, denunciam usuários da UPA

Prefeitura afirma que equipe de enfermagem foi redobrada, mas ainda há filas.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Familiares de um paciente de 69 anos procurou o Patos Notícias para denunciar a demora no atendimento na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) no bairro Jardim Peluzzo em Patos de Minas. O idoso esteve no local na terça e na quarta-feira (11 e 12/01) para se consultar devido a forte gripe.

Apresentando quadro gripal, o idoso chegou na UPA por volta de 20h da noite, acompanhado da filha. Após anunciar a chegada na área de sintomáticos da COVID-19, o exame foi feito meia hora depois. Durante este tempo, ficou sentado numa sala fechada com diversas outras pessoas, que aguardavam o mesmo teste.

Sala para aguardar por exame de COVID-19.

Com resultado negativo, o idoso, que estava fraco e com dificuldade de caminhar, foi levado para o atendimento normal da UPA. Ao procurar a recepcionista, ela informou que o idoso seria chamado pelo nome. Após cerca de 40 minutos, o pessoal da triagem chamou pelo próximo, sem citar nomes. Daí foi possível a filha visualizar que não estariam chamando pelo nome como foi dito pela recepcionista, mas por ordem de chegada. Por volta de 22h, o idoso passou pela triagem.

Devido ao protocolo de classificação de risco (Protocolo Manchester), o idoso foi atendido rapidamente, passou por exames e pediram para que retornasse após às 07h da manhã do dia seguinte. Ele deixou a unidade de saúde por volta de 23h.

Ao retornar pela manhã, nova espera. A triagem demorou cerca de duas horas para ser feita. Novamente, o chamado pelo médico foi rápido. Cerca de 20 minutos após a triagem, ele já passava pelo atendimento médico. Recebeu a receita e retornou para casa.

A filha disse ainda que durante a noite e a manhã, outras pessoas com situação mais grave, teriam ameaçado chamar a polícia devido a desorganização no atendimento. Além disso, ela questiona que não há nenhuma forma de manter o isolamento social por conta da COVID-19, já que o espaço é pequeno e não há nenhuma sinalização. A fila para realização de exames de COVID-19 estava grande pela manhã.

Questionada pelo Patos Notícias, a Prefeitura de Patos de Minas respondeu através de nota:

Sobre a fila de pacientes formada na UPA nesta quarta-feira (12/1), a Secretaria de Saúde informa que a equipe de enfermagem já foi redobrada, mas ainda assim são muitos atendimentos. O distanciamento entre as pessoas deve ser observado e respeitado por cada um que aguarda.

Vale destacar que a UPA é destinada a pessoas com sintomas respiratórios moderados e graves, devendo os sintomáticos leves procurar a USF de referência. Outra observação importante é que os testes rápidos são realizados do terceiro ao oitavo dia de sintomas, para obter resultado confiável.

Leia também:

Patos de Minas tem novo paciente grave e mais 223 casos de COVID-19

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade é do respectivo autor. Eles não expressam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.