Decreto impede ampliação do atendimento em Patos de Minas, informa Caixa

Agências da cidade funcionarão de 07h às 12h de segunda a sexta-feira.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação

A Caixa Econômica Federal ampliou, em praticamente todo o país, o horário de atendimento em suas agências. Elas ficarão abertas das 08h às 14h para agilizar o saque do auxílio emergencial.

Em Patos de Minas, no entanto, as agências da Caixa funcionarão de 07h às 12h em razão do decreto municipal 4.817 assinado pelo prefeito José Eustáquio (DEM) no dia 27 de abril. Ele prevê “os bancos, caixas econômicas, correspondentes bancários, as cooperativas de crédito poderão funcionar no horário compreendido entre 7h as 12h e as casas lotéricas entre 8h as 17h, de segunda-feira a sexta-feira, ficando vedado o funcionamento das casas lotéricas aos sábados”.

- Continua depois da publicidade -

No sábado (02/05), mais de 900 agências abriram em todo o Brasil, mas em Patos de Minas, conforme reportado pelo Triângulo Notícias, não houve atendimento em razão do decreto.

Procurada a Caixa Econômica Federal, através da Regional Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, se posicionou através da seguinte nota:

Por força de Decreto Municipal, a CAIXA é obrigada a seguir o horário de funcionamento determinado pelas autoridades, não estando autorizada a ampliar o horário em dias úteis ou abrir aos sábados e feriados.

A prefeitura de Patos de Minas foi procurada pela reportagem e emitiu a seguinte nota:

A Prefeitura de Patos de Minas informa que, por ora, permanece em vigor o decreto que autoriza o funcionamento das agências bancárias somente de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h. Esse horário visa não coincidir a abertura das instituições financeiras com a abertura do comércio lojista, reduzindo o fluxo de pessoas nas ruas e o potencial de aglomeração. Contudo a decisão é passível de revisão caso haja interesse por parte da Caixa Econômica Federal, visando ao melhor atendimento dos clientes, sobretudo dos beneficiários do auxílio emergencial do Governo federal, e redução das filas.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -